PM recupera carga de agrotóxico avaliada em R$ 1,3 milhão

Material foi roubado na Rodovia Anhanguera e encontrado pelos militares em um galpão na Rua Málaga, no Jardim Bertoni, em Americana


A PM (Polícia Militar) recuperou nesta sexta-feira (16) uma carga de agrotóxicos avaliada em R$ 1,3 milhão, segundo a corporação. O material havia sido roubado pela manhã na Rodovia Anhanguera, no limite entre Americana e Limeira, e foi encontrado em um galpão na Rua Málaga, no Jardim Bertoni, em Americana.

Dois suspeitos foram levados à delegacia, mas liberados após o registro de um boletim de ocorrência por averiguação de roubo, de acordo com a corporação.

Foto: Polícia Militar / Divulgação
Material foi foi encontrado em um galpão na Rua Málaga, no Jardim Bertoni, em Americana

O motorista foi rendido por volta das 9h por homens que usavam armas longas do tipo calibre 12 que estavam em um Siena. O homem foi deixado em um canavial às margens da rodovia.

A carreta roubada foi encontrada nas proximidades do km 140 da Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), em Santa Bárbara d’Oeste, já sem a carga, que havia sido transferida para outro caminhão e depois levada ao galpão.

Uma equipe de monitoramento recebeu o sinal da carga e foi até local. Os homens viram algumas pessoas saindo do galpão e entrando em um Uno azul. A PM (Polícia Militar) então foi acionada para perseguir os suspeitos.

Policiais viram o Uno abandonado na Avenida Nossa Senhora de Fátima, perto do cruzamento com a Avenida Saudade. Dois suspeitos foram localizados e levados à CPJ (Central de Polícia Judiciária). Um deles, encontrado na loja de conveniência de um posto perto dali, disse, segundo a PM, que era o motorista e que receberia R$ 5 mil pelo serviço, que ele afirmou não saber detalhar qual era. Também disse, segundo a corporação, que estava acompanhado de mais quatro homens no veículo, mas que ele não sabia para onde foram.

O tenente Gilberto Ferreira Algarra, da PM, reclamou do que considerou morosidade da Polícia Civil para registrar o boletim de ocorrência. Segundo ele, policiais militares chegaram à delegacia às 14h30 e a ocorrência foi concluída às 21h30, depois que eles tiveram contato com três delegados. “A demora foi o que mais chamou atenção nossa.”

A SSP (Secretaria Estadual de Segurança Pública) informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que todas as circunstâncias referentes aos fatos citados serão analisadas.

De acordo com a assessoria, o motorista do caminhão compareceu ao 4º DP de Limeira para fazer boletim de ocorrência. Lá, foi informado que a carga havia sido localizada em Americana e houve necessidade de espera para seu comparecimento ao plantão do município.

“As polícias de São Paulo atuam em parceria consolidada a fim de proporcionarem segurança aos moradores e frequentadores do Estado. Entretanto, questões pontuais que possam surgir serão sempre analisadas para que a qualidade no atendimento seja aprimorada”, informou a SSP, em nota.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora