30 de maio de 2020 Atualizado 14:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

PM localiza dois pés de maconha em casa na Avenida Rafael Vitta

Homem que recebeu os policiais contou que colega com quem divide o aluguel disse que as plantas eram pés de tomate

Por Marina Zanaki

03 Maio 2020 às 14:54

A PM (Polícia Militar) localizou dois pés de maconha em uma casa localizada na Avenida Rafael Vitta, em Americana, na noite deste sábado (2).

O responsável pelas drogas não foi encontrado. O homem que recebeu os policiais no imóvel contou que colega com quem divide o aluguel trouxe as plantas e alegou que eram pés de tomate.

O caso foi registrado na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana e ninguém foi preso.

Os militares receberam uma denúncia informando que nessa residência, localizada no bairro Chácaras Rodrigues, havia pés de maconha.

Ao chegarem no local, por volta das 20h10, foram recebidos por um dos moradores. Ele contou que divide o aluguel do imóvel com outro homem e que este trouxe dois vasos na semana anterior, alegando que eram pés de tomates.

As plantas tinham cerca de 60 centímetros de altura e pesavam 180 gramas. Os militares também apreenderam R$ 270 na residência.

O homem que recebeu os militares foi encaminhado à Polícia Civil como testemunha e liberado após prestar depoimento. O responsável pelos pés de maconha não foi localizado.

PRESO
Um homem foi preso em flagrante neste final de semana por tráfico de drogas no bairro São Vito, em Americana.

Uma equipe da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) estava realizando patrulhamento no bairro na tarde de sábado. Na Rua Antonio Foffa, os policiais viram um homem já conhecido pelo tráfico de drogas. Ao ver os militares, ele jogou um objeto no chão e saiu correndo.

Os militares o abordaram e, em revista pessoal, encontraram com ele dois celulares e R$ 11 em moedas.

O objeto que ele havia dispensado foi recuperado pelos policiais, que identificaram quinze porções de maconha.

O homem confessou que estava vendendo as substâncias. Ele foi apresentado à CPJ (Central de Polícia Judiciária de Americana), onde foi preso em flagrante por tráfico de drogas.