Parque é um mundo cheio de magia na visão infantil

Dos macacos à arara-azul, do leão ao hipopótamo, os animais provocam encantamento nos pequenos visitantes


Vídeo:

Um universo encantador e instigante povoado de animais “fofinhos”. É assim que Malu Oliveira, Lucca Bettini, Rafael Mantovani, Sophia Guilherme e, provavelmente, milhares de outras crianças definem o Parque Ecológico de Americana.

O LIBERAL reuniu essa turminha na semana em que o zoo completa 35 anos para mostrar como esse ponto turístico de Americana e região é visto na ótica infantil.

Foto: Marcelo Rocha - O Liberal
Gosto do hipopótamo porque ele é fofo. Dos macacos, porque são muito fofos e também tenho vontade de dar um abraço no tamanduá – Malu Oliveira, 9 anos

Entre os pequenos exploradores do ecossistema riquíssimo do parque, a Malu, de 9 anos, forneceu boas pistas a respeito das principais sensações que os cenários formados por animais, árvores, flores, lagoas, sons e cheiros despertam nas crianças.

Ela era um bebê quando esteve no parque pela primeira vez. Aliás, esse é um dos seus lugares favoritos da cidade. A pequena contou que leva ao zoológico todos os parentes que vêm visitá-la. “Eu falo que eles precisam conhecer, porque é lindo, cheio de animais, e eu amo muito, muito, muito”, enfatiza.

Foto: Marcelo Rocha - O Liberal
Eu gosto mais do tucano. Ele tem um bico colorido que é lindo. Mas eu não quero ser um tucano, eu queria ser o macaquinho para comer banana o dia inteiro” – Lucca Bettini, 3 anos

Pelos sorrisos que Lucca, de 3 anos, dá desde o momento em que chega, até a hora de ir embora, ele parece considerar o parque um local encantador. Para ele, tudo é “muito legal”, desde o pavão, que anda solto entre os recintos, até as árvores de eucalipto atrás do recinto das lhamas.

Mas mesmo a magia do local não supera o momento do encontro entre o menino e o tucano, seu animal preferido. A ave provoca reações de admiração a cada movimento. Por que o tucano é seu preferido? “Porque ele tem um bico colorido, é lindo”, responde Lucca.

Foto: Marcelo Rocha - O Liberal
Eu queria ser um macaco para poder balançar nas árvores, me pendurar nas coisas. Rafael Mantovani, 7 anos

Já Rafael, de 7 anos, conta que se pudesse ser qualquer um dos animais do zoológico, seria o macaco, “para poder balançar nas árvores, me pendurar nas coisas”. E ele afirma que adora todas as espécies de macaco. A oportunidade de contemplar os animais, segundo Rafael, o faz muito feliz, mas também traz outras reações.

“Às vezes, eu tenho dó por que os animais não estão nos seus habitats naturais, mas aí eu vejo que eles têm família aqui, têm comida, água, então eu fico muito feliz que tem quem cuide e ame eles”, explica como se fosse adulto, o garoto.

Foto: Marcelo Rocha - O Liberal
Acho que o leão é forte e bonito, e a juba também. Quando eu olho e ele está bem calmo, não dá medo, mas quando a gente ouve ele rugir dá um pouco, sim – Sophia Guilherme, 11 anos

PRESERVAÇÃO. Refletir sobre o papel do parque na preservação e reprodução das espécies, principalmente aquelas que estão ameaçadas, é um dos pontos destacados por Sophia, de 11 anos. “O zoológico é importante porque preserva os animais que estão em extinção em vários lugares, cuidam, dão comida e protegem”, explica Shophia.

Mas, para ela, o parque não é local apenas para a contemplação das centenas de espécies. A menina relembra o dia em que, na companhia das amigas, fez um piquenique e foram perseguidas por pavões.

“A gente começou a correr e eles vieram atrás, mas pensamos que era melhor parar e se acalmar. Aí, eles pararam de correr também”, detalhou. E a aventura não parou por aí. “Quando sentamos para comer ainda veio um sagui roubar nossa comida”, conta, se divertindo com a lembrança.

E falando em momentos marcantes, Sophia citou também as vezes em que ia às reuniões de escoteiros próximo do recinto do leão e o ouvia rugir no final da tarde.

“Acho ele forte e bonito, e a juba também”, diz ela com toda a espontaneidade característica das crianças. No final da entrevista, a pequena admiradora das belezas do parque quis deixar uma mensagem de aniversário: “parabéns e que o zoológico continue assim, cada vez mais bonito e com animais lindos. Toda a área de lazer do parque é uma delícia”.

* Estagiária Maíra Torres, sob supervisão de Leslie cia Silveira

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora