30 de maio de 2020 Atualizado 21:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Para segurança de idosos, equipe de funcionários se confina no Benaiah

Doze funcionários estão ficando permanentemente no residencial para idosos em Americana para evitar contaminações pelo novo coronavírus

Por Isabella Holouka

06 abr 2020 às 09:05 • Última atualização 06 abr 2020 às 12:53

O residencial para idosos Benaiah, em Americana, completou 58 anos nesta semana com um clima diferente. Desde o último dia 23, uma equipe com doze funcionários está confinada para o cuidado dos 38 residentes, com o objetivo de diminuir os riscos de contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19).

Clique aqui e se inscreva no nosso canal do Telegram e receba as notícias no seu celular!

A coordenadora Enara Crepaldi de Campos Seco explica que a solução foi proposta pelos próprios funcionários. Ao todo são 34 empregados, e os que não puderam permanecer no espaço receberam férias.

{{1}}

Foto: Arquivo Pessoal
A técnica de enfermagem Daniely e a equipe confinada no Benaiah

Nestes 14 dias confinados, a cooperação entre os cuidadores está sendo fundamental, já que “os idosos precisam da limpeza em dia, da alimentação e do carinho” mesmo com a equipe reduzida a menos da metade.

“Quem nunca teve que ir para a cozinha ou lavanderia está precisando, estamos todos aprendendo, juntos, um ajudando o outro para a casa poder funcionar normalmente”, contou ao LIBERAL.

Mas isso não tem sido motivo para tensões. A técnica de enfermagem Daniely Camargo Nunes conta que reuniões com orações na capela do residencial têm renovado as energias de todos os funcionários, diariamente.

Daniely tem um filho de 7 anos, que está sob cuidados dos avós. “Eles me apoiam bastante, me dão forças, cuidam do meu filho e estão se cuidando também, dentro de casa”, diz.

“A maioria [das funcionárias] tem filhos e tem conversado por vídeo todos os dias. As crianças estão dando muito apoio para as mães. Recebemos mensagens de força, está muito gostoso”, conta a coordenadora.

O aniversário da entidade, nesta quarta-feira, teve bailinho, momento de oração e comes e bebes. A intenção é não sair da rotina dos acolhidos, embora eles demonstrem animação com a casa sempre cheia. Além de as tarefas estarem sendo realizadas “sem estresse”, priorizando momentos agradáveis, a “solidão acaba sendo menor”.

Foto: Arquivo Pessoal
Localizado no Jardim Terramérica, Benaiah abriga 38 idosos; na foto, eles e os funcionários

“Nós pensamos que íamos ter dificuldades, mas, pelo contrário, eles estão gostando. Está sendo uma experiência nova para todo mundo”, relata a coordenadora.

Ao final, o sentimento destacado pelas funcionárias é de gratidão. “Quando eu paro para pensar no que eu estou fazendo aqui só vem gratidão de poder fazer o bem, contribuir para a proteção dos idosos da instituição”, lembra a técnica Daniely.

Doações

O Benaiah continua recebendo doações, com um funcionário responsável por receber e higienizar tudo o que entra na casa. Dentre os itens mais utilizados no dia a dia estão açúcar, café e outros alimentos, fraldas e produtos de higiene, sabão em pó e produtos de limpeza.