Palco deve ser liberado na quarta-feira para evento

Intervenções na estrutura que desabou na sexta serão feitas nesta segunda-feira e agenda de eventos no Teatro Municipal Lulu Benencase está mantida


O palco do Teatro Municipal Lulu Benencase, em Americana, será consertado nesta segunda-feira pela prefeitura, segundo informações do secretário de Cultura e Turismo, Fernando Giuliani. Parte da estrutura cedeu na noite de sexta-feira, ao término do espetáculo de dança “O Rei do Show” pelo Ballet Art Sandra Godoy. Seis pessoas sofreram escoriações leves. A programação cultural do local para novembro está mantida.

O secretário e o administrador do teatro, Luciano Luize, estavam no local ontem de manhã, acompanhados de técnicos e engenheiros. Peritos da Polícia Técnica estiveram no teatro ainda na noite de sexta-feira. Não há data para divulgação oficial do laudo.

Para o secretário e o administrador, o desabamento foi uma fatalidade. Luciano informou que o alvará e os laudos técnicos do teatro estão em dia. A última vistoria feita no palco foi em agosto desse ano. Técnicos acreditam que o peso e o movimento dos dançarinos concentrados em um único ponto da estrutura possam ter provocado a queda.

Foto: João Carlos Nascimento-O Liberal (6)
Parte do palco cedeu e seis pessoas tiveram ferimentos leves

A reapresentação do espetáculo ontem à noite foi cancelada, mas os demais eventos programados para este mês não sofrerão alteração. Segundo o secretário, o reparo na estrutura deve ser concluído ainda nesta segunda-feira e a expectativa é de que na próxima quarta-feira o teatro volte a ser utilizado sem restrições para evento agendado.

DANÇARINOS

Os seis feridos na queda – três professores e três alunos -, foram liberados ainda na madrugada de ontem, após terem sido socorridas a hospitais da cidade. Segundo Mayara Godoy Duarte, diretora do Ballet Art Sandra Godoy, os feridos sofreram escoriações e passam bem.

Foto: João Carlos Nascimento-O Liberal (2)
Parte do palco cedeu e seis pessoas tiveram ferimentos leves

Eles foram atendidos no Hospital Municipal e em três hospitais particulares. Mayara acompanhou o atendimento e disse que ninguém permaneceu hospitalizado. “Todas passam bem. Foi apenas um susto”.

O palco cedeu após o término do espetáculo, num momento de confraternização entre os dançarinos. O fato, na avaliação de Mayara, não tirou a beleza do espetáculo. “A apresentação foi linda. O que aconteceu não tirou o nosso brilho. Juntos somos mais fortes e reapresentaremos o espetáculo”, disse, informando que estuda uma nova data para os dançarinos subirem novamente ao palco.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora