07 de julho de 2022 Atualizado 12:39

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

ASTRONOMIA

OMA será reaberto ao público a partir de quarta-feira

As visitas públicas acontecerão às quartas e sextas-feiras, mediante inscrição por telefone, em grupos de 20 pessoas cada

Por Redação

23 de maio de 2022, às 06h23

A Secretaria de Cultura e Turismo de Americana vai reabrir o OMA (Observatório Municipal de Americana) para observação dos astros em grupo, mediante agendamento, a partir de 25 de maio, quarta-feira.

Na noite do domingo passado, cerca de 160 pessoas foram até o local observar o fenômeno conhecido como “Lua de Sangue”, um eclipse lunar. O evento marcou a reabertura, até então pontual, do observatório, fechado há mais de dois anos por conta da pandemia da Covid-19.

Eclipse lunar registrado no OMA – Foto: Carlos Andrade / OMA

As visitas públicas acontecerão às quartas e sextas-feiras, mediante inscrição por telefone, em grupos de 20 pessoas cada. Por noite, serão quatro grupos de visitação – às 19h, 20h, 21h e 22h. A visita dura em média 50 minutos e é importante ressaltar que em caso de tempo nublado ou chuva a visita é cancelada, requerendo novo agendamento. As crianças com menos de 5 anos não podem ter acesso à cúpula, somente ao terraço do observatório na companhia de um adulto.

O responsável pelas atividades do OMA é o astrônomo Carlos Andrade, e a principal atração do local é um telescópio refletor Schmidt-Cassegrain, de 355 milímetros de diâmetro, com montagem computadorizada, um dos mais modernos da região. Em boas condições climáticas, o limite de observação do equipamento inclui planetas distantes, estrelas, nebulosas, galáxias e satélites.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Inaugurado em agosto de 1985, o OMA está localizado em uma área privilegiada, entre o Parque Ecológico Cid Almeida Franco e o Jardim Botânico, e possui entrada privativa pela Rua Itacolomi, n° 1113, Jardim Ipiranga. O telefone para agendamento das visitas é 3407-2985.

“Estamos retomando as atividades públicas no OMA, permitindo assim que todos tenham a oportunidade de aprender mais sobre o planeta Terra, ecologia e meio ambiente, por meio da observação dos corpos celestes e dos fenômenos astronômicos através de instrumentos de altíssima qualidade”, destacou a secretária de Cultura e Turismo, Marcia Gonzaga Faria.

Publicidade