20 de outubro de 2020 Atualizado 22:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

Obra de UBS é ocupada por moradores de rua

Vizinhos do local no Mathiensen reclamam de barulho, sujeira e violência

Por Heitor Carvalho

23 set 2020 às 09:07 • Última atualização 24 set 2020 às 02:00

Abandono do imóvel já foi alvo de pedidos de explicação de vereadores ao poder público - Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG

A obra abandonada de uma UBS (Unidade Básica de Saúde) no Jardim Nielsen Ville, na região do Mathiensen, em Americana, se tornou um foco de problemas para os moradores da área após pessoas em situação de rua terem ocupado o local.

O abandono do imóvel, na esquina entre as ruas Bem-Te-Vis e Garças, incomoda os moradores desde 2013, e já foi alvo de pedidos de explicações de vereadores ao poder público municipal.

Em 2019, a prefeitura chegou a anunciar que o local seria recuperado por meio de uma emenda parlamentar de R$ 1 milhão do deputado estadual Bruno Lima (PSL), dos quais R$ 500 mil já estariam garantidos. No entanto, o projeto ainda não saiu do papel.

Uma moradora do bairro, que não quis se identificar por medo de represálias, relatou vários problemas.

“A casa que eu moro há quatro meses ficou por anos sem alugar porque ninguém aguenta ficar aqui. Quando eu me mudei, os vizinhos avisaram para evitar ficar no quarto da frente porque teríamos problemas”, explica.

A moradora ressalta que os moradores de rua que vivem na obra provocam confusões até mesmo entre si durante a madrugada.

“Eles brigam, fazem ameaças. E nós não conseguimos dormir. Ontem, inclusive, um ‘rasgou’ as costas do outro”, lamenta.

Quando procuraram o governo e as autoridades policiais, os moradores do bairro relataram que não tiveram qualquer resposta efetiva.

“Já fizemos denúncias para a polícia, eles vieram aqui, mas não resolveu. Já falamos com políticos também, mas ninguém faz nada”, reclama.

“É perigoso para quem mora perto, além de desvalorizar todas as casas. Já até esconderam uma moto roubada ali. Na minha opinião, se não vão concluir a obra, melhor que a derrubem”, conclui.

O LIBERAL questionou a Prefeitura de Americana sobre o problema. Em nota, a administração municipal disse que “a Guarda Municipal de Americana intensificará as rondas no local”.

Sobre a paralisação das obras, a prefeitura disse que a construção é da gestão passada, e que já foi publicada a rescisão do contrato unilateral com a empresa executora.

Ainda segundo a administração, não há previsão de retomada, apesar de o projeto da implantação de uma UBS animal ainda ser cogitado, visto que já existem recursos de uma emenda parlamentar para viabilizar a ideia.

Publicidade