Obra de captação de água tem reajuste de 11%

O aumento é previsto anualmente para obras públicas, mas não deixará de pesar no orçamento


O valor da obra nova captação de água bruta do Rio Piracicaba, em Americana, ficará 11,2% mais cara por conta de reajuste no valor do contrato. O aumento é previsto anualmente para obras públicas, mas não deixará de pesar no orçamento, já que o percentual corresponde a R$ 1,2 milhão. O valor total da obra, agora, será de R$ 11,4 milhões. A previsão de entrega é ainda no primeiro semestre do ano que vem.

De acordo com informações do DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Americana, o reajuste previsto em contrato é composto por uma média da variação de quatro índices de reajustes na construção civil para obras públicas, entre eles, índice geral da terraplanagem, índice geral das estruturas em concreto e da mão de obra da construção civil.

Depois de um ano da assinatura do contrato, segundo a autarquia, a empresa solicita o reajuste, que passa por averiguação do DAE. Estando dentro da lei, é autorizado. A nova captação deve dar mais garantia de abastecimento para a cidade. A obra teve início em abril do ano passado e está com 22% do trabalho concluído.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!