26 de junho de 2022 Atualizado 00:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

ENSINO INFANTIL

Número de inscrições em creches tem aumento de 20% em Americana

Segundo a Secretaria de Educação, foram 1.243 cadastros no último mês, contra 1.034 no período anterior, em setembro de 2021

Por Rodrigo Alonso

07 de abril de 2022, às 07h37 • Última atualização em 07 de abril de 2022, às 07h38

A Secretaria de Educação de Americana recebeu 1.243 inscrições para vagas em creches da rede municipal de ensino no mês passado. O número é 20% maior do que o registrado pela pasta no período anterior de inscrições, em setembro de 2021, quando houve 1.034 cadastros.

Os dados foram informados pela pasta nesta semana, em resposta ao LIBERAL. Interessados podiam inscrever seus filhos entre os dias 21 e 24 de março, diretamente nas creches.

“Critério é sempre atender na unidade mais próxima”, diz Ghizini – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

“A quantidade está dentro do que esperávamos, e agora a equipe da Secretaria de Educação trabalha para computar as vagas remanescentes. Depois disso, vamos iniciar o direcionamento das matrículas conforme classificação e a quantidade de vagas por região”, disse o secretário municipal de Educação, Vinicius Ghizini.

Agora, a secretaria tem levantado o endereço de cada um dos inscritos para, depois, direcioná-los para a unidade mais próxima de suas casas. Esse trabalho também leva em consideração a disponibilidade de vaga em cada creche.

“O critério é sempre atender na unidade mais próxima e, se não der, na seguinte mais próxima, de acordo com a ordem de inscrição”, afirmou Ghizini.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A distribuição de vagas entre as unidades, inclusive, se tornou um desafio para a secretaria, que tem presenciado uma redução na demanda por vagas em determinadas regiões da cidade e um aumento em outras, conforme o LIBERAL noticiou no dia 19 de março.

Diante dessa situação, existem centenas de vagas ociosas em algumas localidades, enquanto que, em outras, nem sempre as famílias conseguem matricular seus filhos na creche mais perto de casa. Mesmo assim, segundo o secretário, a pasta consegue atender todas as crianças da cidade atualmente.

Monitores
Em breve, a rede municipal também deve ganhar o reforço dos monitores, função criada pela prefeitura neste ano. O preenchimento das vagas, no entanto, ainda depende de concurso público, que deve acontecer ainda em 2022.

De acordo com Ghizini, a distribuição desses profissionais será, inicialmente, focada no ensino infantil, até porque as creches concentram maior demanda.

A lei que trata da criação desses cargos foi sancionada pelo prefeito Chico Sardelli (PV) na sexta-feira passada, após ter sido aprovada de forma unânime pelos vereadores. O texto possibilita a contratação de até 150 monitores, com salário de R$ 1,8 mil para uma jornada de 40 horas semanais.

Publicidade