01 de julho de 2020 Atualizado 20:18

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Novo decreto obriga uso de máscaras em condomínios e elevadores em Americana

Determinação vale para áreas comuns de espaços residenciais e comerciais; frequentadores sem máscara poderão ser barrados

Por João Colosalle

30 Maio 2020 às 18:42 • Última atualização 31 Maio 2020 às 07:12

A Prefeitura de Americana publicou no início da noite deste sábado (30) um novo decreto municipal que obriga o uso de máscaras em áreas comuns de condomínios e em elevadores de prédios residenciais e comerciais.

Até então, havia obrigatoriedade no Estado de uso das máscaras em áreas públicas, como ruas e praças.

Assinado pelo prefeito Omar Najar (MDB), o decreto 12.464/2020 passa a obrigar o uso das máscaras nos condomínios e também em loteamentos fechados.

A obrigação, diz a prefeitura, se aplica a “toda pessoa que circule,
pelas dependências do condomínio ou loteamento, inclusive aos prestadores de serviços e entregadores”.

Os condomínios estão permitidos a barrar a entrada de qualquer pessoa que se recuse a utilizar máscara, conforme o decreto (leia na íntegra aqui).

Nos elevadores, a prefeitura decretou, inclusive, que as administrações possam limitar o número de pessoas por viagem.

Os gestores dos condomínios também deverão disponibilizar álcool em gel para quem entrar no local. O decreto prevê ainda que seja orientado o uso do álcool em gel para quem utiliza os elevadores.

A fiscalização será de responsabilidade dos síndicos ou administradores dos condomínios.

Podcast Além da Capa
O novo coronavírus representa um desafio para a estrutura de saúde de Americana, assim como outros municípios da RPT (Região do Polo Têxtil), mas não é o primeiro a ser encarado. H1N1, dengue, malária, febre maculosa. Outras doenças também modificaram rotinas, exigiram cuidados além do trivial – ainda que não tenha havido quarentena, como agora – e servem de experiência para traçar paralelos com o atual cenário. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com a repórter Marina Zanaki, que assina uma série de reportagens sobre outras epidemias em Americana.