Noite de Natal é marcada por disparos e bagunça na Av. Brasil

Moradores relataram consumo de álcool, drogas e até disparos; 2 mil pessoas ocuparam as ruas São Salvador, Guglielmo Marcone e Avenida Brasil


A noite de Natal foi marcada por algazarra, bebidas, vendas de drogas e disparos de arma de fogo em Americana, de acordo com informações de moradores do Residencial Nardini e da Gama (Guarda Municipal de Americana). Cerca de 2 mil pessoas ocuparam as ruas São Salvador, Guglielmo Marcone e Avenida Brasil na madrugada desta terça-feira (24).

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Bebidas e sujeira foram deixadas na Rua Guglielmo Marcone

A reportagem esteve no local e conversou com comerciantes e funcionários dos lojas próximas. Eles apontaram que havia mais de duas mil pessoas nas ruas, consumindo álcool e traficando entorpecentes. Ainda segundo relatos, ocorreram diversos disparos de armas de fogo. Cápsulas deflagradas foram encontradas. A Gama também recebeu denúncias na madrugada sobre a ocorrência.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Cápsulas deflagradas foram encontradas pela reportagem

Um funcionário que não quis ter seu nome divulgado contou que a PM (Polícia Militar) e a Gama foram acionados durante a noite, porém ninguém compareceu. “Estava uma bagunça isso aqui, mesmo a gente chamando não veio uma só viatura, eles só vieram hoje de manhã”. Outros motoristas relataram ainda que não conseguiram dirigir pela avenida, já que ela estava tomada por pessoas.

Questionado sobre a ausência de viaturas da Gama no período noturno, o comandante Marcos Guilherme informou que devido à quantidade de pessoas, foi inviável uma intervenção. Contudo, ele garantiu que a situação foi monitorada. “As condições do local não favoreceram a pronta intervenção, aguardamos nossas viaturas serem liberadas das ocorrências que atendiam. Ao amanhecer, e com mais segurança, nossas equipes agiram. No entanto, estivemos monitorando durante toda madrugada”, disse Guilherme.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
População sofre com rua suja

Major da PM, Rogério Nascimento Takiuchi disse que poderia analisar se a PM foi solicitada apenas na quarta-feira, porém ressaltou que há uma parceria com a Promotoria Pública, PM, Polícia Civil, Gama e Prefeitura para que ações sejam realizadas nesse espaço para minimizar problemas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!