No Zanaga, idosa é encontrada morta na cama com pés e mãos amarrados

A casa estava revirada, o que levanta a suspeita de que a mulher, Dulce Rosa, de 81 anos, tenha sido vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte)


Uma idosa de 81 anos foi encontrada morta na manhã desta sexta-feira (12) dentro da sua casa, no bairro Antonio Zanaga, em Americana. A mulher, identificada como Dulce Rosa, estava na cama com as mãos e os pés amarrados. A suspeita inicial é de latrocínio (roubo seguido de morte).

Segundo informações preliminares da PM (Polícia Militar), que atendeu a ocorrência, a faxineira chegou para trabalhar e encontrou o portão sem cadeado. Em seguida, achou o corpo de Dulce na cama.

A casa estava revirada, o que levanta a suspeita de Dulce ter sido morta depois de um assalto. O caso, porém, ainda será investigado pela Polícia Civil.

A perícia técnica esteve na residência da idosa, que fica na Avenida Cândido Portinari, e não conseguiu determinar o horário da morte de Dulce. O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Americana.

O caso seria registrado na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora