Mulher é detida ao levar informações de facção a detido no CDP

Scanner corporal indicou a presença de anotações marcadas na roupa da suspeita


Uma mulher foi detida no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Americana quando tentava levar anotações de uma facção criminosa ao seu companheiro, que está preso no local. O caso ocorreu no último sábado (19).

Foto: Centro de Detenção Provisória/Divulgação
Informações foram escritas na roupa da mulher

De acordo com informações da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), ela foi detida durante o procedimento de revista. Os agentes do local perceberam alterações nas imagens produzidas pelo scanner corporal. Tratava-se de anotações sobre uma facção criminosa – não foi divulgada qual facção se tratava.

A mulher foi encaminhada ao plantão policial e permaneceu à disposição da Justiça. O preso que seria visitado foi isolado preventivamente para procedimento disciplinar.

“A SAP informa que as pessoas as quais são flagradas tentando entrar nas unidades prisionais com materiais proibidos são suspensos, temporariamente do rol de visitas”, diz o órgão.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora