Mulher danifica túmulo de Zé Rico e diz que ato foi ‘pedido de Deus’

Detida, mulher afirma ser parente do cantor e que foi enviada por Deus para quebrar a imagem de Nossa Senhora Aparecida do túmulo dele


Uma mulher de 47 anos foi detida na manhã desta terça-feira (20) após ser flagrada danificando o túmulo do cantor Zé Rico, no Cemitério da Saudade, em Americana. Ela alega que é parente dele e que foi designada por Deus a quebrar a imagem de Nossa Senhora Aparecida do túmulo do cantor.

Foto: Gama / Divulgação
Imagem de Nossa Senhora Aparecida do túmulo do cantor foi danificada

A Gama (Guarda Municipal de Americana) estava em patrulhamento de rotina pela região, quando soube por uma funcionária que havia uma mulher em atitude suspeita no local, depredando imagens de santos nos túmulos.

Ao ser questionada pelos patrulheiros, ela disse que “foi a pedido de Deus para quebrar a imagem de Nossa Senhora Aparecida”. Após a confissão, ela foi encaminhada até a CPJ (Central de Polícia Judiciária) para o registro do boletim de ocorrência.

Foto: Gama / Divulgação
Detida, mulher disse que “foi a pedido de Deus para quebrar a imagem de Nossa Senhora Aparecida”

De acordo com patrulheiro da Gama, Siderlei Aparecido de Almeida, ela já havia quebrado as imagens de outros túmulos, mas foi impedida pelos funcionários, que correram atrás dela.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora