05 de dezembro de 2021 Atualizado 20:12

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Motoristas de aplicativo ajudam a prender dupla que roubou colega

Um adolescente de 17 anos e seu comparsa, de 21, confessaram o crime aos patrulheiros da Gama

Por Maria Eduarda Gazzetta

05 out 2021 às 18:32 • Última atualização 05 out 2021 às 21:16

Com ajuda de um grupo de motoristas de aplicativo, a Gama (Guarda Municipal de Americana) prendeu um adolescente de 17 anos e um jovem de 21, na noite de segunda-feira (4), por roubarem um outro motorista, no Bairro Nova Carioba, em Americana. O crime aconteceu na noite de domingo.

De acordo com a Gama, a equipe foi acionada por um grupo de motoristas, e foi informada de que eles teriam encontrado os suspeitos do roubo contra colega de profissão.

Dupla teria agredido e roubado celular do motorista de aplicativo – Foto: Gama / Divulgação

“Investigamos por conta própria e, com algumas informações que recebemos, achamos as redes sociais deles e conseguimos o telefone e endereço dos dois. Então, fomos até a casa deles e ficamos esperando a Gama chegar”, comentou Cristiano Silva, que é motorista de aplicativo há quatro anos.

De acordo com ele, com as fotos das redes sociais dos dois, foi possível confirmar com a vítima que eram, de fato, os responsáveis pelo roubo.

Ao chegarem no endereço indicado pelo grupo, os guardas abordaram o adolescente e o jovem, que confessaram a participação no crime e disseram que haviam levado o celular da vítima e, posteriormente, vendido a um outro rapaz, também de 21 anos.

Este último indivíduo foi localizado e compareceu à CPJ (Central de Polícia Judiciária), devolvendo o celular do motorista. Ele informou que comprou pelo preço de R$ 150, com a promessa de receber a nota fiscal do aparelho telefônico. Ele irá responder por receptação culposa.

Com a confissão, a dupla também foi encaminhada à CPJ, onde o adolescente foi autuado por ato infracional, ficando à disposição da Justiça. O jovem foi encaminhado ao sistema prisional.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Quando comecei na profissão, não tinha tantos roubos, mas de uns dois anos para cá aumentou muito. Estamos cansados de injustiça e dessa grande quantidade de assalto”, comentou Cristiano.

O roubo
O motorista de aplicativo, de 46 anos, recebeu uma chamada no domingo, para levar dois rapazes. Antes de a corrida acabar, recebeu um golpe conhecido como “gravata” e foi ameaçado por um deles com uma faca. A dupla levou seu celular. De acordo com Cristian, o colega teve hematomas nas costas e no pescoço, além de um dos braços deslocado.

Outros casos
Americana registrou desde julho deste ano, pelo menos, outros três casos semelhantes a este. No dia 7 de julho, um motorista de 36 anos foi agredido e assaltado ao atender uma solicitação no bairro Jaguari. No dia 15 do mesmo mês, um outro motorista, de 30 anos, foi roubado ao atender uma corrida no Balneário Riviera, região da Praia Azul.

Já em 26 de julho, um motorista de 37 anos foi assaltado e agredido ao atender a um chamado na região do Antônio Zanaga.

O Ivan Maia está sempre Virando a Chave e quer te ajudar a fazer o mesmo em seu blog no LIBERAL.

Em Santa Bárbara d’Oeste, um motorista de 53 anos foi agredido e jogado para fora do carro, na madrugada de 7 de agosto. Por conta das agressões sofridas durante o assalto, ele teve o rosto desfigurado e precisou passar por cirurgia. De acordo com informações dos familiares, ele passa bem.

Publicidade