Empresário Gugliardo Ardito morre aos 84 anos

Gugliardo foi proprietário de uma casa de materiais de construção por 27 anos e depois foi dono do posto de combustíveis São Vito


Morreu na tarde desta quarta-feira (31), aos 84 anos, o empresário americanense Gugliardo Ardito, em um hospital particular de Campinas. O óbito foi constatado por volta das 16h e a causa foi um enfisema pulmonar, de acordo com informações do filho dele,  Gugliardo Ardito Junior. O velório e sepultamentos serão realizados no cemitério da Saudade, em Americana.

Ardito deixa a esposa, Maria Calendária, uma filha e um filho, além de quatro netas.

Foto: Arquivo Pessoal
Gugliardo Ardito morreu nesta quarta-feira (31), em Americana

Ardito é um empresário conhecido em Americana. Por 27 anos ele foi proprietário de uma casa de materiais de construção na Rua Dom Pedro II, no Centro. Em 1985, mudou de ramo e adquiriu o posto de combustíveis na Rua São Gabriel, no São Vito. Foram 33 anos dedicados ao empreendedorismo na sua cidade natal. Atualmente ele estava aposentado e as funções administrativas estavam sendo exercidas pelo filho.

De acordo com o filho, Ardito ficou internado 40 dias no hospital campineiro. Nesse período, apresentou melhora no quadro clínico e foi liberado para retornar para sua casa. Entretanto, há 15 dias teve uma piora significativa e, mais uma vez foi levado à unidade de saúde, onde acabou falecendo nesta tarde.

Para seu filho, o pai deixa um exemplo de honestidade e caráter. “Tem uma frase que marcou muito nossas vidas, ele ensinou para os filhos que honestidade não é virtude, honestidade é obrigação”, lembra.

Sobre as lembranças, Ardito Junior recorda que seu pai adorava tomar café diariamente no Mercado Municipal com os amigos Milton Stradioto e José Zazeri, este último já falecido.

O velório tem início às 6h desta quinta-feira (1º) e o sepultamento será realizado logo em seguida.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!