18 de abril de 2021 Atualizado 11:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Morre o comerciante Fabinho do Espetinho por complicações da Covid-19

Fábio Mantovani tinha 43 anos e estava internado desde domingo (21) passado no Hospital Unimed em Americana

Por Paula Nacasaki

28 mar 2021 às 17:19 • Última atualização 29 mar 2021 às 09:07

Comerciante deixa duas filhas de 12 e 17 anos e a esposa Márcia Corassa Mantovani de 42 anos - Foto: Reprodução

Morreu na tarde deste domingo (28) o comerciante Fábio Mantovani, aos 43, anos por complicações da Covid-19. Mais conhecido como Fabinho do Espetinho, por conta do seu comércio na região do São Vito, ele estava internado desde domingo (21) passado no Hospital Unimed em Americana.

O comerciante deixa duas filhas de 12 e 17 anos e a esposa Márcia Corassa Mantovani de 42 anos.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Em conversa com o LIBERAL, a esposa de Fabinho contou que o comerciante sempre foi muito guerreiro. Ele morreu por volta de 13h20 após não resistir às complicações do novo coronavírus. A mulher relatou que ele tinha bronquite.

“Ele sempre foi um cara guerreiro, amoroso com a família e todos ao redor dele, sempre preocupado com o próximo”, contou Márcia ao LIBERAL.

Os pais de Fabinho também estão internados para se recuperarem da Covid-9. O pai, de 77 anos, foi internado na quinta-feira (25) e a mãe, de 72, foi internada no sábado (20).

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

As filhas e a esposa também foram vítimas da Covid-19, porém com sintomas mais leves.

Publicidade