21 de junho de 2021 Atualizado 16:04

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Trânsito

Mesmo com pandemia, multas aumentam 12% em Americana

Apesar das restrições envolvendo a quarentena, motoristas foram mais autuados em relação a 2019

Por Heitor Carvalho

06 jan 2021 às 07:39 • Última atualização 06 jan 2021 às 09:31

A prefeitura de Americana emitiu um número 12% maior de multas em 2020 em relação ao que foi registrado de 2019, segundo informações do Portal da Transparência do município.

Foram 103.695 multas emitidas em 2020, ante 92.187 infrações em 2019, segundo dados da Utransv (Unidade de Transportes e Sistema Viário). Em média, foram registradas 284 multas por dia na cidade no ano passado, ou quase 12 infrações por hora.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

As penalidades registradas resultaram em um total de R$ 7,8 milhões de arrecadação, mas, deste montante, cerca de R$ 373 mil foram repassados ao Funset (Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito).

Os números incluem as penalidades emitidas a partir da fiscalização por radares (de velocidade, de controle de avanço de semáforo e de parada em cima de faixa de pedestres) e ainda as infrações flagradas por agentes de trânsito.

Do total de infrações, 56.710 foram geradas pelos radares que fotografam quem desrespeita o limite de velocidade, o que representa 54% de multas aplicadas na cidade, enquanto que cerca de 7,7% (ou 7.992 multas) das infrações foram registradas por equipamentos eletrônicos que verificam avanço de semáforo e parada em cima da faixa.

As multas aplicadas manualmente por agentes de trânsito da prefeitura representam 37% do total (ou 38.993) registradas em 2020. Apenas em fevereiro e março houve mais multas aplicadas por agentes da prefeitura do que por radares.

A partir de abril, com a implantação das medidas de quarentena por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as multas emitidas por agentes registraram uma queda drástica.

Para se ter uma ideia da diferença, em março foram registradas 4.018 infrações por radar, contra 4.042 multas aplicadas por agentes. Em abril, foram 3.923 infrações registradas por radar, ante 924 aplicadas por agentes.

Entre as multas oriundas dos agentes, estão as aplicadas na Área Azul. Apesar da empresa Estapar ser a responsável pela fiscalização do estacionamento rotativo, são os agentes da prefeitura que lançam as multas.

Nos dados divulgados pela administração municipal, não é especificado quantas das multas emitidas pelos agentes são referentes à Área Azul. A prefeitura foi questionada a respeito desse número, mas não respondeu até o fechamento desta reportagem.

Após o início da pandemia, o padrão de maior número de multas registradas por radares eletrônicos do que manualmente foi mantido, sendo que a diferença entre as duas formas de aplicação cresceu a partir do segundo semestre.

Em janeiro foram 4.523 infrações por radar, contra 4.043 por agentes, enquanto em dezembro foram 6.761 aplicadas por radar, ante 1.850 registradas manualmente.

Por conta da pandemia, o processo de notificação dos condutores autuados foi suspenso no final de março do ano passado, mas, segundo a prefeitura, seria retomado no início desse ano.

O envio das notificações das infrações de trânsito registradas em fevereiro e março de 2020, serão enviadas aos autuados em janeiro de 2021, e assim por diante, até setembro de 2021, mês que serão enviadas as notificações cometidas em novembro de 2020.

Publicidade