Médicos iniciam atendimento em seis unidades de Americana

Além do reforço no atendimento, município vai antecipar consultas previamente marcadas; também será possível reabrir agenda onde não havia médicos


Médicos de uma empresa contratada pela Prefeitura de Americana começaram a trabalhar nesta terça-feira em seis das 11 unidades onde irão prestar serviço.

Agora, a administração municipal diz que será possível antecipar consultas dos pacientes com atendimento marcado e reabrir agenda de unidades que estavam sem médico, mas não detalhou como e quando fará isso.

Os profissionais começaram a atender nos postos do Mathiensen, Zanaga, Jardim São Paulo, Cariobinha, Jardim Alvorada e Jardim Brasil.

Foto: Marília Pierre - Prefeitura de Americana.JPG
Médicos contratados pela empresa Hera Serviços já atuam na cidade

A contratação é a aposta para tentar resolver o principal problema da Saúde, que é a fila por uma consulta com clínico geral ou médico da família.

No fim de agosto, o LIBERAL mostrou que dez das 18 unidades de saúde básica de Americana já estavam com a agenda cheia até o fim do ano e não marcavam mais consulta. Ontem, a prefeitura não respondeu quais unidades ainda estão com a agenda fechada.

Com filas de espera de até sete meses, a solução para os pacientes era chegar cedo – às vezes, até de madrugada – e tentar um encaixe no cronograma dos médicos. Porém, na prática o que acontecia é que muita gente procurava direto o Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, estrangulando o setor de emergência, segundo o secretário de Saúde, Gleberson Miano, já disse várias vezes.

Os profissionais que começaram a trabalhar nesta terça são contratados pela empresa Hera Serviços Médicos, que venceu licitação para fornecer a mão de obra por um ano ao custo de R$ 1,8 milhão. O contrato prevê 1,4 mil horas de trabalho, sem um número definido de profissionais. São 600 horas em clínica médica, 160 de pediatria, 160 para ginecologia/obstetrícia e 480 de médico da família.

Além das seis unidades onde os profissionais já começaram a atender nesta terça-feira, os médicos vão trabalhar também nos postos de saúde do São José, Praia Azul, Mário Covas e Jaguari, e na UBS (Unidade Básica de Saúde) Cillos.

A prefeitura não informou quando o serviço começa nas demais unidades e também não estimou quantas consultas serão antecipadas diariamente.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora