Médico Arley Gelmini morre aos 78 anos

Nascido em Americana, Arley foi candidato a vice-prefeito e presidente do antigo Hospital Samam


Foto: Reprodução
Gelmini foi presidente do antigo Hospital Samam, de Americana, e diretor do AEC

Morreu na madrugada desta quarta-feira (26), aos 78 anos, o médico urologista Arley Gelmini. Ele foi presidente do antigo Hospital Samam, de Americana, e diretor do AEC (Americana Esporte Clube)/Rio Branco.

Segundo a família, ele passou mal ontem e foi levado até o Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, em Americana, mas acabou falecendo nesta madrugada. Ele estava aposentado desde 2013 quando o Samam foi comprado pelo Hospital Samaritano.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Nascido em Americana, Arley ainda foi candidato a vice-prefeito pelo Arena (Aliança Renovadora Nacional) em 1973 na chapa que tinha o advogado Amilcar Tanganelli como postulante ao cargo máximo do executivo. Na ocasião, Ralph Biasi foi eleito a prefeito.

Ele também foi o homem forte do futebol do Rio Branco em 1981.

O corpo do médico está sendo velado no velório da Saudade e o sepultamento acontecerá às 16h desta quarta-feira no cemitério da Saudade, em Americana. Ele morava na Praia dos Namorados e deixa quatro filhos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora