21 de outubro de 2021 Atualizado 23:02

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Política

Maria Giovana assume vice-presidência do PDT estadual

Ex-vereadora será nomeada pelo ex-ministro Carlos Lupi, presidente nacional e estadual do partido

Por Ana Carolina Leal

27 set 2021 às 20:26 • Última atualização 27 set 2021 às 20:29

Com a missão de rejuvenescer a sigla, a ex-vereadora e sanitarista Maria Giovana Fortunato assume nesta terça-feira (28) o cargo de vice-presidente estadual do PDT (Partido Democrático Trabalhista). Ela será nomeada pelo ex-ministro Carlos Lupi, presidente nacional e estadual do partido.

O nome dela foi indicado pelo Executivo Estadual. “A conversa foi muito no sentido de a gente dar um gás no partido no Estado de São Paulo e também uma maneira de trazer mais mulheres para a política”, afirmou em entrevista ao LIBERAL.

Maria Giovana foi a segunda colocada na disputa para a Prefeitura de Americana – Foto: Divulgação

Maria Giovana já foi vereadora em Americana pelo PCdoB (Partido Comunista do Brasil), sigla pela qual disputou uma vaga à Câmara dos Deputados. 

Nas eleições de 2020, ela foi candidata à Prefeitura de Americana pelo PDT, ficando em segundo lugar com 29.562 votos (26,74%). O pleito foi vencido por Chico Sardelli (PV) com 40.014 votos (36,19%).

Maria Giovana disse que a ideia do partido é promover encontros presenciais para entender e analisar um pouco da sigla na cidade. “Tem uma missão muito grande de conduzir o partido em alinhamento com o que o PDT preza, que é atuar para o desenvolvimento dos serviços essenciais: saneamento básico, educação e segurança pública e seguridade social”, declarou.

Também é fundamental, de acordo com a sanitarista, que todos os filiados estejam alinhados com a defesa dos direitos das crianças, trabalhadores, mulheres, populações indígenas e negras, assim como a defesa da natureza e de um desenvolvimento sustentável.

“A gente ainda percebe, principalmente no Estado de São Paulo, uma certa fragilidade em relação a entender e agir conforme a ideologia do PDT”, afirmou.

Sobre possíveis candidatos ao governo de São Paulo e à presidência, Maria Giovana disse que o que é certo e irreversível para o PDT no momento é a candidatura à presidência do ex-ministro Ciro Gomes.

Publicidade