Mãe questiona qualidade da merenda em escola de Americana

Um bigato foi encontrado no prato de comida de uma aluna da Escola Estadual Octávio Soares de Arruda


A mãe de um dos alunos da Escola Estadual Octávio Soares de Arruda, localizada no bairro Nova Americana, em Americana, reclama da qualidade da merenda oferecida pela instituição de ensino. Segundo a dona de casa Pamela Vieira Félix, de 28 anos, um bigato foi encontrado no meio da comida na manhã desta segunda-feira.

Foto: Divulgação
Um bigato foi encontrado no prato de comida de uma aluna da escola, na segunda-feira

A reclamante informa que uma das amigas de seu filho foi quem encontrou a larva no alimento. “As alunas da parte da manhã estavam comendo, na hora do recreio. Aí viram esse bigato no prato e houve uma aglomeração. O pessoal que estava com o prato na mão já saiu jogando o prato de comida fora”, disse ao LIBERAL.

Ela questiona também a pouca variedade de ingredientes oferecidos na refeição e segundo ela a qualidade da comida caiu muito.

Por meio de nota, a Diretoria Regional de Ensino de Americana informou que, assim que a escola recebeu a reclamação da aluna, acionou a nutricionista responsável para recolhimento de amostra para análise. Também foi realizada vistoria no estoque. A escola está com abastecimento regular dos itens da merenda.

LIBERAL NAS RUAS: Viu algo de errado no seu bairro? Um buraco na rua, um vazamento ou uma obra parada? Escreva para redacao@liberal.com.br ou envie mensagem para o WhatsApp do LIBERAL, no (19) 99271-2364.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora