28 de setembro de 2020 Atualizado 14:39

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Leitos de enfermaria da Unimed têm 100% de ocupação

Lei obriga que os hospitais privados tenham que divulgar a ocupação de leitos para pacientes com Covid-19

Por Marina Zanaki

13 ago 2020 às 10:27

Os 14 leitos de enfermaria do Hospital Unimed, em Americana, exclusivos para o novo coronavírus (Covid-19), atingiram 100% de ocupação nesta quarta-feira.

A Unimed explicou que conta com um plano de contingência que contempla até 22 leitos de enfermaria prontos para serem utilizados caso haja necessidade, sendo necessária apenas a reorganização do fluxo. A ocupação máxima da enfermaria até o momento foi de 15 leitos, segundo a empresa.

A taxa de ocupação de leitos de coronavírus em cada hospital passou a ser divulgada pela Prefeitura de Americana, atendendo a uma lei sancionada na terça. Os dados foram informados pelos próprios hospitais e se referem à situação até 11 horas desta quarta.

A taxa de ocupação de leitos com respiradores no Hospital Unimed está em 71% (10 dos 14 leitos ocupados no local).

No Hospital São Lucas, leitos com respiradores têm ocupação de 58% (7 de 12) e leitos comuns de 59% (10 de 17).

No Hospital São Francisco, a taxa de ocupação de leitos com respiradores é de 87% (13 de 15) e sem respiradores de 28% (5 de 18).

A taxa de ocupação do Hospital Municipal estava em 35% com respiradores (6 de 17) e 67% sem respiradores (12 de 18).

Antes da lei, havia a divulgação de ocupação de leitos para o novo coronavírus indicando apenas rede pública e privada, sem especificar a situação em cada unidade de saúde.

Os convênios foram procurados, mas não comentaram a divulgação dos leitos.

Publicidade