19 de outubro de 2020 Atualizado 14:31

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

ELEIÇÕES 2020

Justiça Eleitoral rejeita liminar para MDB retomar diretório

Apesar disso, magistrado entende que o ato não inviabiliza a candidatura de Ondas nas eleições de novembro

Por André Rossi

17 set 2020 às 07:47 • Última atualização 17 set 2020 às 11:24

Para Ondas, o imbróglio o coloca em situação de desigualdade em relação aos outros prefeituráveis - Foto: Divulgação

O juiz da 158ª Zona Eleitoral de Americana, Márcio Roberto Alexandre, rejeitou nesta quarta-feira (16) a liminar solicitada pelo MDB de Americana para tentar retomar o controle do partido. Antes de qualquer decisão, o magistrado entende que o diretório estadual deve se manifestar na ação.

A executiva municipal do partido foi destituída no dia 9 de setembro por um ato do diretório estadual. Mesmo assim, o juiz entende que o ato não inviabiliza a participação do partido nas eleições de novembro.

“Embora o requerente sustente que foi destituído sem fundamentação legal e em desrespeito às normas estatuárias, é certo que isso, por si só, não exclui a possibilidade de participação no processo eleitoral, devendo as questões suscitadas serem analisadas no Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários”, afirmou Alexandre.

Pré-candidato a prefeito, o vereador Alfredo Ondas (MDB) viu com bons olhos a decisão, já que o diretório estadual terá de apresentar provas para justificar a destituição da executiva.

A convenção da executiva municipal ocorreu no domingo e definiu o ex-prefeito Erich Hetzl (Podemos) como vice.

“Vão ter que apresentar aquilo que nós temos certeza que eles não têm, que são as provas necessárias para que eles fizessem essa intervenção. Nos atrapalhou bastante, mas estamos de volta e firmes para encaminhar essa candidatura”, garantiu Ondas.

O diretório estadual tem cinco dias para se manifestar após ser intimado. O LIBERAL não conseguiu contato o deputado estadual Itamar Borges (MDB), que está no comando do partido na cidade.

Publicidade