Jovem é preso após agredir tia que reclamou de som alto

Vítima, de 38 anos, disse à guarda que pediu para o sobrinho baixar o volume do som da sala e acabou sendo agredida com socos e chutes


Um ajudante geral de 19 anos foi preso nesta quarta-feira (17), em Americana, acusado de agredir uma tia de 38 anos por ela ter pedido que ele abaixasse o volume do som da sala. O crime foi registrado na DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) como lesão corporal e violência doméstica.

Foto: Guarda Municipal - Divulgação.JPG
Rapaz de 19 anos foi preso após agredir a tia

De acordo com informações da Gama (Guarda Municipal de Americana), a equipe do canil estava em patrulhamento pela Avenida da Amizade quando foi abordada pela vítima dizendo que o sobrinho dela havia a agredido com socos, chutes e empurrões durante uma discussão por conta do volume do som da sala.

O ajudante geral foi encontrado no Parque da Liberdade com uma mochila nas costas, tentando fugir. Tia e sobrinho foram conduzidos a DDM, onde a delegada manteve a prisão do rapaz com base na Lei Maria da Penha.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!