05 de março de 2021 Atualizado 18:52

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

José Victório Tonon, o ‘Zé da Marta’, morre aos 90 anos

Fundador da Têxtil Electra Ltda, Tonon era natural de Rio das Pedras e veio para Americana no começo dos anos 1970

Por Heitor Carvalho

23 fev 2021 às 13:38

Tonon estava internado há cinco dias no Hospital Unimed, na Avenida Brasil, e faleceu por volta de 19h de ontem por causas naturais - Foto: Arquivo Pessoal

O empresário do setor têxtil José Victório Tonon, conhecido como “Zé da Marta”, morreu durante o início da noite desta segunda-feira (22) em Americana aos 90 anos de idade.

Ele estava internado há cinco dias no Hospital Unimed, na Avenida Brasil, e faleceu por volta de 19h de ontem por “causas naturais”, segundo informações disponibilizadas pela família.

Tonon era natural de Rio das Pedras e veio para Americana no começo dos anos 1970 para trabalhar na gerência da Têxtil Marta, de onde surgiu seu apelido.

Posteriormente, Tonon fundou e dirigiu a Têxtil Electra Ltda, com sede no bairro São Luiz, sendo considerado uma das pessoas mais relevantes do setor têxtil da cidade.

O engenheiro civil Edison Tadeu Botasso, genro de José Victório, disse que o sogro vai deixar um grande vazio entre os familiares.

“Ele era uma pessoa única, fantástica e maravilhosa. Uma pessoa maior com o coração maior que o corpo. Ele ajudava muito as pessoas e a comunidade. Ele vai fazer muita falta para toda a família”, afirmou.

O carinho de todos que o conheciam foi exemplificado em abril do ano passado, quando os moradores do prédio onde José morava, no bairro Boa Vista, se uniram para parabenizá-lo pelos seus 90 anos mesmo durante o isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Cerca de 40 pessoas, entre familiares e amigos, ficaram na sacada do edifício cantando parabéns para José, que ficou na calçada do outro lado da rua observando a homenagem com muita felicidade.

O Sinditec, sindicato que representa indústrias têxteis na região, emitiu uma nota oficial em que lamenta a morte e diz que José “foi referência na linha de produtos que fazia”

“José Victório Tonon foi técnico têxtil de excelente formação e capacidade, notabizou-se com a produção de tecidos finos, seda pura, mistos de seda, crepe georgete, patu, crepe mousson, entre outros”, afirma o comunicado.

Ele deixa a esposa Mercedes Álvares Tonon e dois filhos, José Vitório Tonon Jr e Rosângela de Jesus Tonon Botasso.

O velório aconteceu até as 13 horas desta terça-feira (23) no Velório Municipal de Americana. O corpo será cremado por volta de 14h30 na cidade de Limeira.

Publicidade