Instalados, novos radares aguardam aferição para fiscalizar

Aparelhos da Avenida Europa e da Estrada Ivo Macris ainda não tem data para entrar em funcionamento, segundo a Prefeitura de Americana


A Prefeitura de Americana concluiu nesta quarta-feira (11) a instalação de um novo radar de trânsito na Avenida Europa, no Jardim Lizandra. O aparelho ainda terá que ser inspecionado pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) antes de começar a fiscalizar, o que não tem prazo para acontecer.

A escolha da Avenida Europa se deu por conta de “abusos” de motoristas que trafegam pela via em alta velocidade. O aparelho foi instalado no sentido Santa Bárbara d’Oeste/Americana, a duas quadras da Avenida São Jerônimo.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Radar foi instalado na Avenida Europa, em função do excesso de velocidade de motoristas no trecho

Segundo estatísticas do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), foram 13 acidentes na avenida em 2019, um deles com vítima fatal. No dia 2 de outubro, uma costureira de 30 anos morreu após colidir sua motoneta contra um carro no cruzamento das avenidas Europa e São Jerônimo.

A empresa Mobit, fornecedora dos equipamentos, também já instalou um novo radar na Estrada Vicinal Ivo Macris. O aparelho aguarda a instalação da parte elétrica pela CPFL Paulista para posteriormente ser atestado pelo Inmetro. Além de fiscalizar a velocidade, o radar vai identificar caminhões que estejam circulando acima de três eixos, o que é proibido na estrada. A via liga Americana a Paulínia.

O limite de velocidade tanto na Ivo Macris quanto na Avenida Europa será de 60 km/h. A implantação em ambos os pontos foi anunciada pelo prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), no dia 10 de fevereiro, por conta de abuso de velocidade na avenida e sobrecarga nos caminhões que transitam pela estrada.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A edição desta semana do podcast “Além da Capa” aborda a substituição da mão de obra de pessoas mais velhas por outras mais novas na RPT (Região do Polo Têxtil), em 2019. Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora