26 de fevereiro de 2021 Atualizado 21:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Exposed Americana

Inquéritos investigam casos de abuso sexual relatados no Twitter

Movimento #ExposedAmericana começou nas redes sociais; DDM de Americana abriu investigação após vítimas registrarem boletins

Por Leonardo Oliveira

18 jun 2020 às 10:20 • Última atualização 18 jun 2020 às 10:28

A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) abriu inquéritos para investigar dois casos de abusos sexuais relatados no Twitter neste mês por meio da #ExposedAmericana. A informação foi revelada nesta quarta-feira pela delegada Regina Castilho Cunha, que conduz as investigações.

Mulheres de todo o País tem usado a plataforma para denunciar casos de assédio, relacionamentos abusivos e estupro. O movimentou ganhou força no Twitter desde o final do mês passado e a DDM tentava identificar as supostas vítimas que utilizaram a hashtag com o nome do município.

A delegacia entrou em contato pelo próprio Twitter e mandou mensagem para o perfil das mulheres que contaram as agressões sofridas. “Orientamos da disponibilidade do atendimento especializado”, afirmou Regina nesta quarta.

Duas das vítimas contatadas procuraram a DDM para o registro de um boletim de ocorrência. Por isso, foram abertos dois inquéritos policiais diferentes – um para cada denúncia – através deles a Polícia Civil apura se houve o crime e quem é o autor.

Esse relatório, quando concluído, é encaminhado ao Ministério Público, que analisa e decide se apresenta uma denúncia à Justiça ou não.

Depois disso é que a investigação chega ao poder judiciário. Outras duas mulheres procuradas já haviam denunciado seus casos às autoridades e os inquéritos ainda não foram concluídos.

Os procedimentos que investigam os relatos feitos pelas vítimas que procuraram a delegacia neste mês estão na fase preliminar. Elas foram ouvidas e apresentarem suas versões. Agora, os supostos agressores serão chamados para depor.

Segundo a delegada, foi feito o contato por meio do Twitter com “várias” mulheres, mas somente duas optaram por registrar um boletim de ocorrência até o momento, além de outras duas que já tinham procurado uma unidade policial anteriormente.

É necessário que as vítimas prestem depoimento para que os crimes sejam apurados. A partir daí é que os agressores podem ser realmente punidos.

Aquelas que sofreram algum tipo de abuso podem fazer a denúncia na sede da DDM de Americana, na Rua Argentina, 242, Jardim Girassol. O telefone de contato é o (19) 3462-1079. Clique aqui e confira todos os meios para fazer uma denúncia.

Podcast Além da Capa
A pandemia do novo coronavírus completa três meses com a certeza de representar o maior desafio da carreira de gestores públicos em saúde, como é o caso dos secretários que atuam em cidades da região. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com os responsáveis pelas pastas em Americana, Santa Bárbara e Nova Odessa sobre a experiência forjada pela crise.

Publicidade