16 de julho de 2024 Atualizado 10:01

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

SAÚDE

Inaugurada, UPA Dona Rosa deve atender até 43 mil pessoas da região do Parque Gramado

Segundo prefeitura, até então, moradores dos bairros no entorno da nova unidade eram atendidos pelo HM, em trajeto de até 40 minutos

Por Gabriel Pitor

04 de julho de 2024, às 07h59 • Última atualização em 04 de julho de 2024, às 09h28

A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Dona Rosa, inaugurada nesta quarta-feira (3) pela Prefeitura de Americana, deverá atender até 43 mil pessoas da região do Parque Gramado.

A estimativa foi dada pelo prefeito Chico Sardelli (PL) e considera moradores de vários bairros que ficam no entorno da nova unidade, que começa a atender nesta quinta (4), às 7h.

Prefeito Chico Sardelli (PL) durante inauguração da UPA Dona Rosa nesta quarta (3) – Foto: Dener Chimeli/Prefeitura de Americana

“É uma região mais afastada do Centro da cidade e tem aproximadamente 43 mil habitantes. Essa UPA vai facilitar no atendimento do Hospital Municipal e facilitar para essas pessoas por ser perto de casa. Faz parte da descentralização da saúde”, comentou Chico.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

De acordo com o Executivo, os residentes do Jardim da Paz, Parque Gramado, Jardim das Orquídeas, Mário Covas, região do Jardim da Balsa, Parque da Liberdade, Morada do Sol e Parque das Nações até então têm ido ao Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi para receberem atendimento.

O trajeto leva de 20 a 40 minutos, dependendo do bairro de origem e do trânsito. Com a nova UPA, a expectativa é que essas pessoas consigam dar entrada em até 10 minutos.

Instalações da UPA Dona Rosa, no Parque Gramado, em Americana – Foto: Marlon Oliveira/Liberal

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Gestão

O local será gerido de forma compartilhada pela Santa Casa de Chavantes, OS (Organização Social) vencedora de um chamamento público homologado em janeiro deste ano.

A entidade terá de realizar por ano 81 mil consultas, 240 mil procedimentos de enfermagem, 12 mil exames de raio-X e pouco mais de 27 mil exames laboratoriais.

“Essas metas estão mantidas e são as mínimas estabelecidas pelo governo federal quando é feita a habilitação. Mas, conforme a demanda, essa meta pode aumentar para os próximos anos”, disse o secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

A UPA terá clínico geral, emergencista, pediatra, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêutico, auxiliares de farmácia, equipe administrativa e técnicos de radiologia. O local também disponibilizará exames raio-X, eletrocardiograma e laboratoriais.

O investimento total foi de R$ 2,6 milhões, sendo R$ 1,8 milhão para a parte de infraestrutura e R$ 847,9 mil para mobiliários e equipamentos. Porém, para manter a unidade em funcionamento neste ano, a prefeitura terá um custo de R$ 18 milhões.

Publicidade