Hygea vai assumir Pronto Atendimento do Zanaga no dia 21

Empresa foi contratada para gestão compartilhada da unidade, fornecendo médicos, enfermeiros, técnicos e demais funcionários


Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
A organização vai assumir a unidade a partir do dia 21 de janeiro, segundo a Secretaria de Saúde

A empresa Hygea venceu a licitação para fazer a gestão compartilhada do PA (Pronto Atendimento) do Antonio Zanaga, em Americana. A organização vai assumir a unidade a partir do dia 21 de janeiro, segundo a Secretaria de Saúde.

A Hygea será responsável pelo fornecimento de 46 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, farmacêutico, recepção e limpeza. A empresa vai manter o funcionamento da unidade 24 horas por dia.

Além disso, o PA Zanaga vai passar a contar com um pediatra todos os dias para atendimentos diurnos – atualmente, há um profissional nessa especialidade apenas duas vezes na semana.

O pregão presencial que escolheu a empresa foi realizado em dezembro, mas a segunda colocada protocolou recurso. Ele foi julgado apenas no final do ano, indeferindo o pedido e declarando a Hygea como vencedora. A empresa apresentou a proposta com menor valor – a prefeitura vai pagar R$ 466 mil por mês.

O contrato tem duração de 12 meses. O edital previa que o preço máximo da contratação seria R$ 7,1 milhões por ano. O contrato com a Hygea ficou em R$ 5,5 por ano, portanto abaixo do previsto.

A prefeitura informou que o contrato está sendo formalizado e que o setor jurídico da Fusame (Fundação Saúde de Americana) aguarda apenas o envio do documento pelo representante legal da empresa.

De acordo com a Secretaria de Saúde, os atuais funcionários do PA Zanaga serão remanejados para o novo Pronto-Socorro do Hospital Municipal.

O município avalia que a contratação de uma empresa para a gestão compartilhada da unidade vai “otimizar” o atendimento à população. Com frequência, a unidade de saúde restringe os atendimentos por conta da falta de profissionais. Nessas ocasiões, ao invés de dois médicos, o PA fica com apenas um e que se mantém à espera de casos de urgência e emergência.

EMPRESA. A Hygea tem sede na cidade de Curitiba (PR) e fornece médicos para plantões no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi.

Além disso, a empresa que fornece médicos para os postos de saúde da cidade é a Hera, que faz parte do mesmo grupo da Hygea.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora