03 de agosto de 2020 Atualizado 15:28

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Terceirizada

Hygea começa transição na gestão do PA do Zanaga

Empresa venceu licitação para fornecer 46 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, farmacêutico, limpeza e recepção

Por Marina Zanaki

22 jan 2020 às 09:36

A empresa Hygea, vencedora da licitação para atuar na gestão do PA (Pronto Atendimento) do Antonio Zanaga, iniciou nesta terça-feira a transição administrativa da unidade. De acordo com a Secretaria de Saúde, esse processo compreende o compartilhamento de todas as informações sobre os processos de trabalho e protocolos implantados, adequação de escalas, contratação e entrevista de funcionários.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Clique aqui e envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

A Hygea venceu a licitação para fornecer 46 profissionais para o PA, entre médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, farmacêutico, limpeza e recepção. A empresa vai receber R$ 466 mil por mês para manter a unidade funcionando 24 horas.

O atendimento exclusivo por funcionários da Hygea no PA Zanaga terá início no dia 1° de fevereiro, segundo a Secretaria de Saúde. A ampliação do atendimento pediátrico, que vai passar de três vezes por semana para todos os dias (no período diurno), também terá início apenas em fevereiro.

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

Até a conclusão desse período transição, os servidores públicos seguem no PA. Com a gestão terceirizada da unidade, eles serão transferidos para o Hospital Municipal, com o objetivo de reforçar a equipe do novo pronto-socorro, prestes a ser inaugurado. Contudo, o ingresso deles nas escalas de trabalho deve começar apenas no dia 1° de fevereiro.