01 de agosto de 2021 Atualizado 19:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Hospitais de Americana registram novo recorde com 209 internados em leitos Covid

Em uma semana, enfermaria do HM saltou de 31 para 59 pacientes internados e opera com 168% de ocupação

Por Marina Zanaki

15 jun 2021 às 17:23 • Última atualização 15 jun 2021 às 20:36

Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi registra nesta terça-feira 82 pacientes internados - Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Os hospitais de Americana registraram recorde de internações em leitos do novo coronavírus (Covid-19) nesta terça-feira. No total, 209 pessoas estão hospitalizadas, das quais 96 estão usando respiradores.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi registra nesta terça-feira 82 pacientes internados com suspeita ou que já testaram positivo para o coronavírus.

Do total de pessoas hospitalizadas, 23 estão em leitos com respiradores (há três vagas) e 59 estão na enfermaria. A capacidade do espaço é de 35 leitos, mas desde o final de semana o hospital tem precisado improvisar acomodações para conseguir atender a demanda.

A prefeitura esclareceu que, apesar da lotação na enfermaria, no momento não há nenhum paciente intubado aguardando leito intensivo, e lembrou que há três vagas na UTI.

O volume de internados apresentou aumento de 18% em relação a segunda-feira, quando 69 estavam internados, e supera até mesmo o registrado no final de semana, que teve 80 pessoas hospitalizadas.

Em uma semana, as internações na enfermaria do HM passaram de 31 no dia 8 de junho para 59 nesta terça-feira.

A UTI do Hospital Unimed está atendendo 41 pessoas, o segundo maior pico da pandemia – o hospital já chegou a 46 pacientes intubados. Há ainda 27 pessoas internadas na enfermaria do hospital particular.

O Hospital São Francisco tem 28 internados, dos quais 15 estão com respiradores. No Hospital São Lucas, são 31 pessoas hospitalizadas, 17 delas intubadas.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Vigilância Epidemiológica informa sete mortes
Americana registrou no boletim desta terça-feira mais sete óbitos por coronavírus, totalizando 623 vítimas. Abaixo, o histórico dos pacientes informados pela prefeitura:

  • Homem de 52 anos, que morava no Balneário Riviera. Estava internado em hospital particular de Americana e faleceu em 11 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Mulher de 42 anos, que morava no São Jerônimo. Estava internada em hospital particular de Americana e faleceu em 11 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Mulher de 69 anos, que morava no São Luís. Estava internada em hospital particular de Americana e faleceu em 12 de junho. Tinha doença cardiovascular crônica e diabetes;
  • Mulher de 58 anos, que morava no Parque da Liberdade. Estava internada no Hospital Municipal e faleceu em 14 de junho. Tinha diabetes;
  • Mulher de 40 anos, que morava no São Luís. Estava internada no Hospital Municipal e faleceu em 14 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Homem de 83 anos, que morava no Jardim Ipiranga. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 13 de junho. Sem informação de comorbidade;
  • Homem de 53 anos, que morava na Vila Dainese. Estava internado no Hospital Municipal e faleceu em 13 de junho. Tinha hipertensão e diabetes.

Foram registrados ainda mais 239 casos de Covid-19. O quadro geral em Americana é de 20.658 casos positivos, sendo 57 internados, 623 óbitos, 712 em isolamento domiciliar e 19.266 recuperados.

Publicidade