Homem que pulou no Quilombo tem alta e vai preso

Na sexta-feira, indivíduo pulou no Ribeirão Quilombo e ficou na água por 3 horas até ser retirado e levado ao HM de Americana em estado grave


Foi preso na tarde desta terça-feira (22) o rapaz que saltou no Ribeirão Quilombo e ficou na água por cerca de três horas para fugir da Gama, na última sexta (18). Ele foi detido logo após ter alta do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, onde estava internado desde o episódio. Na ocasião, ele foi retirado da água com hipotermia e em estado grave.

Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação
Homem ficou no Ribeirão Quilombo por cerca de três horas, até que fosse resgatado pelos bombeiros

O rapaz teve alta nesta terça à tarde e foi levado pela Guarda para a CPJ (Central de Polícia Judiciária).
Segundo a corporação, ele deu nome falso no hospital. Quando descobriram o nome real do suspeito, os guardas constataram que ele era procurado. A Polícia Civil confirmou a prisão, mas não o motivo pelo qual era procurado. O boletim de ocorrência do caso ainda não estava pronto às 17h.

Na sexta, por volta das 4h, ele dirigia um Ford Escort e passou por uma viatura da Gama em alta velocidade, segundo a corporação. Os guardas o mandaram parar, mas o homem abandonou o carro às margens do ribeirão e pulou na água – na altura do condomínio Gaicurus.

Ele ficou na água até as 7h, quando os bombeiros o retiraram com um bote. O homem nadou cerca de 1 quilômetro, até as proximidades da sede da Gama e do Corpo de Bombeiros.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora