Homem morre e outro é baleado em ocorrência no Jardim Brasil

Roberto Cesar Belezine, de 36 anos, morreu após invadir uma casa e entrar em luta corporal com o proprietário do imóvel, que foi baleado na ocorrência


O auxiliar de produção Roberto Cesar Belezine, de 36 anos, morreu após invadir uma casa na Rua das Cerejeiras, no Jardim Brasil, em Americana, neste domingo, às 19h45. A causa da morte ainda não foi esclarecida pela polícia.

O morador da residência, de 32 anos, acabou baleado na ocorrência, mas foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi. À PM (Polícia Militar), ele disse que estava em sua casa quando viu o suspeito, usando capuz e armado, na cozinha.

Ele achou que era um roubo e disse ao homem que levasse qualquer coisa, mas que não o ferisse. Nesse momento, o auxiliar lhe apontou uma arma de fogo e atirou, mas a arma falhou. O morador então correu para a sala, pegou uma caixa e a jogou no chão para tentar assustar o invasor. Na sequência, os dois entraram em luta corporal.

Durante a briga, o morador foi atingido por disparos da arma de fogo até que, já na área externa da casa, conseguiu imobilizar o auxiliar.

Quando chegou, a Polícia Militar encontrou o auxiliar caído, de bruços, com a mão debaixo do corpo e a cabeça virada para o lado direito. O boletim de ocorrência não cita se ele chegou a ser baleado. O homem ainda usava a touca, luvas, e portava uma arma calibre 38 com quatro munições deflagradas e uma íntegra. Também estava com um par de algemas e em posse de R$ 861.

O morador da casa disse que durante a luta e a imobilização do homem tinha apenas como objetivo fugir do local. Segundo o boletim de ocorrência, o proprietário do imóvel foi baleado três vezes.

O caso foi registrado na Polícia Civil como morte suspeita, até que a causa da morte do auxiliar seja esclarecida, e tentativa de homicídio, devido aos disparos sofridos pelo morador da casa.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora