Governo confirma 439 casas para famílias sem teto

Segundo a Prefeitura de Americana, serão moradias de R$ 95 mil; ação será viabilizada pelo Minha Casa Minha Vida


O governo federal anunciou nesta quarta-feira a aprovação de um empreendimento com 439 casas para famílias de baixa renda em Americana. Segundo a prefeitura, serão moradias de R$ 95 mil, o que soma R$ 41,7 milhões. O projeto será viabilizado por meio do programa Minha Casa, Minha Vida modalidade Entidades. A responsável pelo projeto é a Asta (Associação dos Sem-Teto de Americana), que também tocará as obras.

Foto: Dener Chimeli / O Liberal
Secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano de Americana, Charley Peter Cornachione, afirmou que o grupo apresentou o projeto em 2014

As famílias já foram selecionadas e o residencial Nova Aliança ficará perto do recinto do CCA (Clube dos Cavaleiros de Americana), onde é realizada a Festa do Peão.

O presidente da Asta, Ademir Esmerindo Vieira, o Manteiga, disse acreditar que as moradias devem estar prontas até 18 meses após a assinatura dos contratos – o que deve acontecer dentro de um mês, de acordo com publicação feita ontem pelo Ministério das Cidades no Diário Oficial da União.

Nesta modalidade, as famílias precisam ter renda bruta de até R$ 1,8 mil. As famílias já compraram o terreno. Todo o processo de aprovação da área já foi feito pela prefeitura. A parcela do financiamento fica entre 10% e 15% do valor da renda mensal familiar, afirma Vieira. Os lotes são de 150 metros quadrados.

“Nós temos 439 famílias que estão há muito tempo esperando isso”, afirmou o presidente da Asta. Cada família pagou R$ 10 mil pelo terreno, de acordo com o presidente da entidade.

SECRETÁRIO. O secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano de Americana, Charley Peter Cornachione, afirmou que o grupo apresentou o projeto em 2014. Agora, a Asta terá de resolver burocracias na Caixa Econômica Federal, que libera a verba para as obras após checagens.

De acordo com Cornachione, o déficit habitacional da cidade é de 9,5 mil moradias – número que diminui com o anúncio desta quarta. Segundo o secretário, além do Nova Aliança, ainda há dois empreendimentos do Minha Casa Minha Vida em andamento em Americana

O anúncio foi feito pelo ministro das Cidades, Alexandre Baldy, em Brasília. Cornachione acompanhou o evento ao lado do deputado federal Baleia Rossi (MDB), que ajudou na articulação da verba, afirmou o secretário. “Agora é passar pente-fino nos projetos, colocar orçamento em ordem, montar cronograma de execução junto com a Caixa”, afirmou Cornachione.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!