Gama flagra carros na contramão em faixa exclusiva no Amadeu Elias

Motoristas estão usando a pista "extra" das vias para ir no sentido Avenida Brasil, algo permitido só ao Corpo de Bombeiros


Carros e motos têm acessado a contramão no Viaduto Amadeu Elias e na Rua Rio Branco, em Americana, usando a faixa exclusiva do Corpo de Bombeiros, inaugurada na sexta-feira. Uma equipe da Gama (Guarda Municipal de Americana) foi ao local na tarde desta terça-feira e flagrou ao menos oito veículos transitando pela pista reservada no sentido Avenida Brasil, algo que só é permitido aos bombeiros.

A infração é gravíssima e sujeita o condutor a sete pontos na carteira, além de multa de R$ 293,47. Ontem, porém, os guardas só orientaram os motoristas e não multaram – o que deve começar a ocorrer nos próximos dias.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Viatura estacionada na faixa para emergências, na altura da Rua Rio Branco com a Fernando Camargo, a fim de alertar motoristas infratores

De acordo com um dos guardas que estava no local, a maioria dos motoristas flagrada na contramão entrou na faixa exclusiva ainda na Avenida Bandeirantes, justamente onde os bombeiros acessam a pista – ali, há uma placa indicando a proibição. Quando eram parados, condutores diziam não saber da mudança nem ter reparado nas placas.

Ao menos um carro e uma moto entraram na faixa dos bombeiros sentido Avenida Brasil quando deixavam o estacionamento de um estabelecimento comercial na Rua Rio Branco, do lado direito de quem segue no sentido bairro.

Foi o caso da cabeleireira Myriam Endo, de 40 anos. Ela só parou o veículo já quase na esquina com a Rua Fernando Camargo e foi abordada pelos guardas. O microempresário Geovani Sacamoto, de 41 anos, que estava no banco de passageiros, explicou que eles tinham feito isso quando a via ainda tinha dois sentidos, e por isso não sabiam da mudança. “Faz uns seis meses que a gente veio e saímos desse jeito normalmente”. A cabeleireira criticou as alterações promovidas. “Essas mudanças estão ‘pirando’ com os americanenses.”

A mudança no Viaduto Amadeu Elias e na Rua Rio Branco foi feita, segundo a prefeitura, para melhorar o tráfego. Veículos comuns só podem usar a Rua Rio Branco e o Viaduto Amadeu Elias sentido bairro – há placas indicando isso. Até 12 de outubro, o viaduto e a rua tinham uma pista em cada sentido, mas, naquele dia, a prefeitura transformou o trecho em mão única na direção do bairro Colina, em meio a outras alterações promovidas no trânsito da cidade.

Desde que o viaduto e a rua se tornaram mão única, os congestionamentos acabaram no local, de acordo com relatos de quem trabalha naquela região – com exceção dos últimos dois dias, por causa de uma obra na esquina das ruas Benjamin Constant e Anhanguera, que desviou a rota de ônibus para a Rua Fernando Camargo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!