Funcionário de restaurante furta nota de R$ 50 marcada e é descoberto

A nota havia sido colocada em uma bolsa, dentro do armário da empresa, como armadilha para descobrir o autor de outros dois furtos


Um ajudante de 31 anos foi detido nesta quarta-feira (31), à noite, quando o proprietário e o gerente do estabelecimento descobriram com ele uma cédula de R$ 50 que estava marcada. A nota havia sido colocada em uma bolsa, dentro do armário da empresa, como armadilha para descobrir o autor de outros dois furtos ocorridos no local.

O caso aconteceu na Rua Niels Nielsen, no Frezzarin, em Americana, às 23h09. Segundo informações do boletim de ocorrência, o primeiro furto ocorreu no dia 29 de julho, quando o ajudante, ao ser questionado sobre um valor de R$ 300, disse que a quantia estava em um malote no armário da empresa. Posteriormente, afirmou que o malote havia sumido.

No dia 30, um funcionário da empresa informou que tinha recebido o valor de R$ 315 e guardado dentro de uma mochila no armário, mas, no fim do turno, percebeu que o valor tinha sido furtado.

Para tentar descobrir o autor dos furtos, o gerente e o proprietário do estabelecimento fizeram uma marca em uma nota de R$ 50 e deixaram na bolsa do gerente, também dentro do armário, que não tem cadeados. No fim do turno desta quarta-feira, descobriram que o dinheiro tinha sumido.

Todos os funcionários foram chamados e foi feito uma revista pessoa. A cédula marcada foi encontrada com o ajudante, que admitiu aquele furto e negou os anteriores.

A Gama (Guarda Municipal de Americana) foi chamada e levou o homem para a CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde ele ficou detido porque não tinha dinheiro para pagar a fiança arbitrada pelo delegado, no valor de R$ 998.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora