Força-tarefa contra dengue é montada em Americana

Ações envolvem entidades públicas e privadas da cidade no combate ao mosquito Aedes aegypti


Uma força-tarefa reunindo entidades públicas e privadas foi montada em Americana para combater a dengue. Representantes de diversos setores se comprometeram a se engajar nas ações de conscientização sobre a doença, colaborando com a produção de material gráfico, mobilização social e apoio institucional que poderá viabilizar ajuda financeira.

Em reunião realizada nesta terça-feira, foi abordada a lotação dos prontos-socorros da cidade ocasionada pela epidemia da doença. Um hospital particular registrou atendimento de 446 pacientes no prazo de 24 horas, o que representa um aumento de 63%, segundo um dos representantes da entidade.

No serviço da rede pública, o problema é ainda maior, considerando que no mesmo período o Hospital Municipal atendeu mais de 900 pessoas.

Ficou definida a realização de um Dia D de mobilização popular, que será promovido pela Diretoria Regional de Ensino, envolvendo escolas públicas e particulares de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste.

“Não é importante a gente combater só agora, foi até um apelo meu para que a gente mantenha esse contato contínuo, que a gente faça reunião, se mobilize, não só nesse momento, mas pra que isso (epidemia) também não ocorra no próximo ano”, destacou o secretário de Saúde, Gleberson Miano.

Estiveram presentes na reunião Diretoria Regional de Ensino, Corpo de Bombeiros, Grupo Sociedade Organizada da Praia dos Namorados, Conselho Municipal do Meio Ambiente, os convênios médicos, São Lucas Saúde, Unimed e Samaritano, além das secretarias municipais de Saúde, Meio Ambiente, Educação, Obras e Serviços Urbanos.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora