14 de setembro de 2021 Atualizado 08:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Fidam celebra os 60 anos de seu 1º evento do setor têxtil

Primeira feira foi realizada em 1961 no salão de festas da então Igreja Matriz de Santo Antônio

Por Maria Eduarda Gazzetta

14 set 2021 às 08:43

Espaço deve receber duas grandes feiras, sendo que uma será em 2023 - Foto: Arquivo - O Liberal

A Fidam (Feira Industrial de Americana) comemora nesta terça-feira os 60 anos do seu primeiro evento de amostras do setor têxtil, que foi realizado em 1961, no salão de festas da então Igreja Matriz de Santo Antônio.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O presidente atual da Fidam, Edison Botasso, explicou que a Fidam foi fundada no momento em que a indústria têxtil apresentava um crescimento bastante vigoroso no município e “colaborou para que Americana fosse conhecida nacional e internacionalmente”. De acordo com ele, “a partir disso houve um incremento muito grande nas compras diretas dos fabricantes de Americana de tecidos já acabados”.

Já o prédio que passou a sediar as feiras da Fidam, que fica na Avenida Nossa Senhora de Fátima, no Jardim Santana, foi construído logo depois. A área foi doada pela prefeitura em 1967 após a expansão do número de fabricantes e o reconhecimento nacional como referência na exposição de máquinas e tecidos.

Apesar de ter sido fundada para exposição das atividades do setor têxtil, a Fidam já foi palco de festivais, festa do peão e até de kartódromo.

Ainda neste ano, o espaço foi cedido para abrigar, durante um período de inverno rigoroso na cidade, moradores em situação de rua, em parceria com instituições filantrópicas e com a Prefeitura de Americana.

Sobre o futuro do espaço que contempla uma área de 26.580 metros quadrados, Edison já adiantou que o local deve receber duas grandes feiras, nos próximos anos. “Estamos em conversações adiantadas com pelo menos duas empresas promotoras de eventos, que veem potencial em Americana”, disse o presidente. De acordo com ele, pelo menos uma das feiras deve acontecer em meados de 2023.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Atualmente, o espaço também tem sido utilizado como incubadora de empresas. “Há dez anos temos 14 boxes ocupados por startups. Temos parcerias com faculdades que auxiliam os empresários”, explicou.

No comando da Fidam desde 2014, Edison caminha para o fim do seu segundo mandato. “Me sinto com o dever cumprido, pois trabalhamos para a nossa cidade”, finalizou.

Publicidade