Farmácia Central tem goteira após chuvas do feriado

Apesar do transtorno com panos, baldes e cadeiras da unidade deslocadas, o atendimento não foi prejudicado ao longo do dia


A comerciante Daniela Araujo Olivier vai todo mês na Farmácia Central de Americana, localizada na Rua Dom Pedro II, buscar remédios para seu sogro, mas quando chegou na unidade na manhã desta segunda-feira (18), por volta das 10h, se deparou com o chão molhado e água descendo do teto.

“Tinham vários panos no chão e alguns baldes, o teto estava cheio de gotas e toda a recepção estava com goteira, eles até afastaram as cadeiras para não molhar”, disse a comerciante. A reportagem apurou que o problema começou depois das chuvas fortes que aconteceram na quinta-feira (14).

A causa da goteira, no entanto, é causada por uma calha que está entupida por estar danificada há algum tempo. A unidade havia feito pedidos para que os responsáveis fizessem o reparo, que segundo a prefeitura, será feito ainda nesta semana.

Mesmo com o chão molhado e a água caindo, os atendimentos continuaram normalmente ao longo do dia e o tempo de espera dos moradores não aumentou. “Você percebe que estão tentando diminuir o problema, deu tudo certo no final e o atendimento foi normal”, confirmou Daniela.

Em nota, a Secretaria de Saúde de Americana informou que já havia sido informada sobre o problema e que está sendo “providenciado o conserto para esta semana”. “Uma das calhas vem sofrendo entupimento por estar danificada, sendo que a mesma será substituída”, garantiu a administração.

*Estagiária Maíra Torres, sob supervisão de Guilherme Magnin.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora