28 de janeiro de 2022 Atualizado 09:33

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

CASO RODOLFO

Família de personal trainer encontrado morto é chamada para depor

Polícia ainda não tem linha definida de investigação, mas descarta envolvimento com drogas e desconfia de crime passional

Por Pedro Heiderich

22 nov 2021 às 19:33

Rodolfo Pestana era professor de educação física em uma academia no Jardim Paulista – Foto: Reprodução

A família do personal trainer Rodolfo Pestana, de 30 anos, encontrado morto há uma semana em área rural de Nova Odessa, foi chamada para depor na delegacia do município.

Ainda sem suspeitos e possíveis motivações, a polícia não tem linha definida de investigação, mas já descarta envolvimento da vítima com drogas e desconfia que o crime tenha sido passional.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O delegado responsável pelo caso, Reynaldo Peres, decidiu esperar uma semana após o crime para chamar os familiares de Rodolfo para avançar nas investigações.

Na semana passada, Peres alegou que resolveu deixar os familiares “esfriarem a cabeça”, para depois tentar ouvi-los. Nesta segunda-feira (15), Peres confirmou que os depoimentos do caso terão início.

“Essa semana vamos ouvir os familiares e quem mais a gente achar que possa nos fornecer alguma informação para avançar no caso”, disse o delegado ao LIBERAL.

Peres afirma ainda que, pelo tamanho da vítima e indícios, a suspeita é de que pelo menos duas pessoas tenham matado Rodolfo.

A polícia aguarda o resultado dos exames de perícia para detectar impressões digitais e exames de DNA de um Fox prata encontrado com marcas de sangue no interior. Denúncia anônima revelou que o carro pode ter sido usado no crime. 

O veículo foi apreendido pela polícia na Vila Gallo, em Americana, dois dias após o corpo ter sido encontrado.

O carro estava em nome de uma mulher, que disse que havia o vendido, mas que não passou o automóvel para o nome do comprador. Ela não é considerada suspeita, segundo o delegado.

Séries, filmes, games, quadrinhos: conheça o Estúdio 52.

Rodolfo morava em Americana, no Cidade Jardim, e era professor de educação física em academia no Jardim Paulista.

Ele foi encontrado morto na manhã do último dia 15, em Nova Odessa, em uma área rural na Estrada Olindo Biondo, próximo à entrada para o bairro de chácaras Sítio Pau Pintado.

O personal trainner estava caído ao chão com um cadarço em seu pescoço e com sinais de agressão no rosto. A perícia registrou asfixia como provável causa da morte.

Publicidade