13 de julho de 2024 Atualizado 21:56

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

APÓS REPORTAGEM

Família de Americana que fazia vaquinha para operar bebê consegue cirurgia de graça

Ísis, de 10 meses, foi operada no último dia 13, em São Paulo; dinheiro arrecadado com campanha está custeando as idas e vindas para capital

Por Ana Carolina Leal

23 de junho de 2024, às 08h14

Uma família de Americana que criou uma vaquinha online para custear a cirurgia de Ísis Helena Souza de Lima, uma bebê de 10 meses diagnosticada com uma anomalia no crânio, conseguiu a operação de graça depois que um leitor viu a reportagem no LIBERAL e decidiu ajudar. A cirurgia foi realizada no último dia 13 de junho no Hospital São Paulo, na capital paulista, e Ísis já está em casa.

A campanha arrecadou R$ 42 mil, com uma meta inicial de R$ 120 mil. Parte do valor arrecadado é direcionado ao site que hospedou a campanha, enquanto o restante está ajudando a família de Ísis a custear as idas e vindas para São Paulo.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Não precisamos pagar a cirurgia, mas se não tivéssemos o dinheiro da vaquinha, jamais conseguiríamos ir e voltar de São Paulo tantas vezes. E vamos ter que continuar indo por um tempo para refazer exames, então o dinheiro doado está sendo usado em transporte, alimentação, hospedagem e medicamentos”, compartilhou Aline Souza da Costa, mãe de Ísis.

A bebê Ísis com os pais Aline e Jhonatan – Foto: Marcelo Rocha/Liberal

Após a publicação da reportagem no início de abril deste ano, uma pessoa que Aline chama de “anjo” ajudou a família a conseguir uma vaga para a cirurgia no Hospital São Paulo, unidade vinculada à Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) que atende pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). O procedimento durou quase oito horas, e Ísis ficou internada por cinco dias, recebendo alta na última segunda-feira, dia 17.

“Como mãe, só posso dizer que me sinto aliviada. Sou grata por ela enfrentar essa luta como uma guerreira, tão forte. E Deus é maravilhoso, nos ajudou e agiu no momento em que menos esperávamos. Sei que ainda temos muita luta pela frente, mas o pior já passou”, declarou Aline.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

A mãe também agradeceu a todas as pessoas que compartilharam o endereço da vaquinha, que doaram, que fizeram orações pela filha dela e, em especial, aos médicos e enfermeiros do Hospital São Paulo.

Ísis mora com os pais, Aline e Jhonatan Sabino Nunes de Lima, e duas irmãs de 9 e 5 anos, na casa nos fundos do lava-jato da família, no Jardim Ipiranga.

A doença

Ísis foi diagnosticada com craniossinostose plagiocefalia, uma anomalia no crânio, aos quatro meses de idade. A operação é recomendada antes dos nove meses, devido aos menores riscos e à recuperação mais rápida nessa faixa etária.

A craniossinostose é uma malformação que pode levar à hipertensão intracraniana, causando sintomas como dor de cabeça, alteração visual e prejuízo na capacidade de aprendizado.

A criança foi incluída na lista do SUS, mas dificilmente conseguiria passar pelo procedimento antes de completar um ano de idade.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Publicidade