Exposição bate recorde e atrai novo público

Edição 2019 conta com 1.800 plantas de coleção; evento que acontece nos pavilhões da Fidam termina neste domingo


Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
Organizadores se dizem satisfeitos com a participação de associações e visitantes na exposição deste ano

Com 1.800 plantas de coleção em exposição, a 49ª Exposição Nacional de Orquídeas de Americana consegue renovar o interesse do público e atrair visitantes de diversas partes do Estado. A avaliação é do presidente do Círculo dos Orquidófilos de Americana, Ademilson de Godói.

O evento começou na última sexta-feira e termina neste domingo. O horário de visitação é das 8 às 17 horas e a entrada gratuita. A exposição acontece na Fidam (Feira Industrial de Americana) e conta com nove mil variedades da planta, entre híbridas e nativas, a venda no local, que conta ainda com praça de alimentação.

“A nossa exposição está com 1.800 plantas. Nosso maior número anterior era 1.400. São de expositores, ou seja, plantas que são de coleção. É um número muito alto. E a participação de outras associações está bem maior. Estamos muito contentes e surpresos porque a gente não estava esperando”, comentou Ademilson.

Moradores de Bragança Paulista, os tradutores Miriam Torres, 69, e Ian Frases, 72, estavam na Fidam neste sábado para fotografar as orquídeas, um hobby que o casal mantém há anos. Só em 2019 foram seis exposições visitadas e pela primeira vez vieram para Americana.

“Descobrimos as exposições na Internet, a gente vê a programação e analisa mais ou menos que vale a pena. Ultimamente temos acertado. A exposição aqui em Americana está bem variada, com espécies bonitas, diferentes”, disse Miriam.

Orquidófilo, Ian é inglês e conta que as condições para se criar orquídeas no Brasil são melhores do que em seu país natal. “Eu tinha uma coleção na Inglaterra, mas é bem mais fácil cultivar aqui. Lá é muito frio”, completou.

Já a americanense Maria Irene Oliveira, 57, veio para a exposição pelo segundo ano seguido. Um dos pontos altos do evento para ela foi a palestra sobre como cuidar de orquídeas. Com as novas dicas, ela espera retomar o cultivo.

“Eu já tive, mas morria (risos). Vou tentar de novo para ver se consigo. Acho muito bonito”, afirmou.

RENOVAÇÃO. O presidente do Círculo dos Orquidófilos de Americana avaliou que o público tem se renovado ano a ano. O interesse dos jovens também aumentou.

“A cada ano observamos que tem os que já estão com rotina regular e os novatos. O jovem esta participando mais. Antes era muito mais idosos que tinham orquídeas e agora temos mais jovens entrando na associação”, disse Ademilson.

A Fidam está localizada na Avenida Nossa Senhora de Fátima, 200, no Jardim Santana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora