21 de janeiro de 2021 Atualizado 18:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Rodovia Luiz de Queiroz

Governo do Estado vai construir contenção de talude na SP-304, em Americana

DER está realizando um estudo geotécnico no local do deslizamento para avaliar qual o tipo de obra será feita

Por Leonardo Oliveira

05 jan 2021 às 16:37 • Última atualização 05 jan 2021 às 19:40

O DER (Departamento de Estradas e Rodagem) divulgou nesta terça-feira (5) que vai construir uma estrutura para conter parte do talude que deslizou na Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), no último dia 27. O anúncio foi feito após a prefeitura cobrar do Estado uma solução para o local.

Ainda não há um prazo para isso ocorrer. O órgão realiza um estudo geotécnico para saber qual é a melhor estrutura para o local. O LIBERAL apurou junto ao Estado que uma das possibilidades é a construção de um muro de concreto ou de um muro de gabião (com pedras).

Trecho da Rua das Petúnias está interditado desde o deslizamento – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

Só depois que esse estudo for finalizado é que as obras começarão. “O DER-SP já está em tratativas com a Prefeitura de Americana para a execução dos trabalhos de construção do talude no Km 129 (pista Leste) da SP-304. Os estudos estão em andamento”, informou em nota.

Há dez dias, as fortes chuvas derrubaram terra e lama, causando a interdição da rodovia por dois dias e também da Rua das Petúnias – a via perdeu uma parte do asfalto com o deslizamento e segue interditada.

Nesta terça, agentes da prefeitura fizeram reparos no pavimento da Rua das Petúnias, com o objetivo de evitar infiltrações. Também foram construídas duas barreiras para impedir que a água da chuva escoe para os locais do deslizamento da semana passada.

Contenção será feita pelo governo estadual – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

Nas áreas mais próxima aos taludes, no entanto, ainda não houve obras, e o asfalto segue danificado. A prefeitura aguarda que o DER reforçe o barranco e afirma que só vai liberar a Rua da Petúnias depois que o órgão concluir a contenção.

A avaliação do secretário de Obras e Serviços Urbanos (Sosu), Adriano Alvarenga Camargo Neves, é de que a situação atual gera riscos para as residências e comércios próximos e que é necessário obras para estabilização.

“Deveremos ter um retorno do DER nos próximos dias. Estamos cobrando para acelerar a construção do talude, pois há riscos, uma vez que o local tem residências e comércios e a SP-304 também é prejudicada”, disse o secretário.

Publicidade