01 de julho de 2022 Atualizado 20:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Estado determina uso da Pfizer como dose de reforço para vacinados com Janssen

Secretaria adotou a estratégia após ausência da vacina Janssen no estado

Por Natália Velosa*

03 de dezembro de 2021, às 17h36

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo anunciou que aplicará somente doses de reforço contra o novo coronavírus (Covid-19) com a vacina Pfizer para imunizados com a Janssen. A orientação é do documento técnico, atualizado nesta quinta-feira (2), e deve ser seguida pelos municípios.

A secretaria adotou a estratégia após ausência da vacina Janssen no estado. Como o Ministério da Saúde não disponibilizou doses adicionais deste imunizante, é possível ser administrada uma dose adicional da Pfizer.

Na região, Americana informou ainda na quinta-feira (2), que não aplicará mais doses de reforço com a vacina Janssen contra o novo coronavírus (Covid-19). Em nota, a prefeitura diz que a aplicação da dose adicional em pessoas que receberam a vacina Janssen está suspensa, até que o município receba mais doses da Pfizer para este público.

Na cidade, parte do público vacinado com a Janssen que procurou a vacinação nesta semana acabou recebendo a CoronaVac. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, os moradores que receberam outra vacina como dose adicional não precisarão receber a dose de um novo imunizante, “pois o documento técnico informa que doses heterólogas são consideradas válidas e respaldou essa aplicação”, disse a prefeitura.

Portanto não haverá revacinação e ou quaisquer outras condutas em relação a este grupo em Americana.

Questionadas, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré também seguirão as recomendações no documento técnico do Estado. *Estagiária, sob supervisão de Talita Bristotti

Publicidade