Escritor Ariel Capozzi morre aos 77 anos

Americanense estava internado desde o dia 28 de março; corpo será cremado no Cemitério dos Amarais, em Campinas


O escritor americanense Ariel Capozzi morreu na noite deste sábado (20), aos 77 anos. Ele estava internado no Hospital São Francisco, em Americana, desde o dia 28 de março. O corpo será cremado neste domingo (21), às 14h, no Cemitério dos Amarais em Campinas.

Foto: Reprodução / Facebook
Ariel tem dois livros publicados: “Juca Cobra” e “Cheiro de Chão”

De acordo com a filha Isabella Capozzi, ele teve um mal estar e foi para o hospital, onde acabou sofrendo um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

“Ele ficou na UTI até então, com complicações desse derrame e não aguentou”, disse.

Ariel tem dois livros publicados: “Juca Cobra” e “Cheiro de Chão”, além de diversas crônicas no Via Palavra.

Ele também foi idealizador do NIDS (Núcleo de Desenvolvimento do Ser) de Americana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!