21 de janeiro de 2021 Atualizado 00:02

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

COVID-19

Entenda como será a vacinação da Covid-19 em Americana

Secretaria de Saúde de Americana detalhou nesta quarta os planos para imunizar 35 mil pessoas na cidade na primeira etapa da campanha

Por João Colosalle/André Rossi

13 jan 2021 às 16:15 • Última atualização 14 jan 2021 às 16:27

A Secretaria de Saúde de Americana divulgou nesta quarta-feira (13) o plano de vacinação contra a Covid-19.

O documento, apresentado pelo secretário Danilo Carvalho Oliveira, traz os detalhes sobre de que forma ocorrerá a vacinação no município.

O planejamento acompanha as diretrizes e o cronograma do governo estadual para a primeira etapa da imunização, que se dará em grupos considerados prioritários ou de risco, como profissionais de saúde e idosos.

VACINAÇÃO EM AMERICANA | Plano municipal de imunização contra a Covid-19 é apresentado pelo prefeito Chico Sardelli e pelo secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira, em entrevista coletiva na prefeitura. Mais detalhes em www.liberal.com.br.

Publicado por O Liberal em Quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Segundo o secretário, o plano ainda pode ter alterações, a depender, por exemplo, de determinações do governo federal.

Veja as principais informações.

Quando começará a vacinação em Americana?
A imunização está prevista para ter início no dia 25 de janeiro. A data é a mesma prevista pelo governo estadual.

Quem será vacinado?
Nesta primeira etapa, serão vacinados os profissionais de saúde e idosos com 60 anos ou mais. No total, este grupo incluiria cerca de 35 mil pessoas.

Quantas doses estão previstas?
A previsão é que sejam aplicadas duas doses da vacina. A expectativa é de que a vacina utilizada seja a CoronaVac, que tem 50,38% de eficácia geral, sendo 78% para casos leves e 100% para casos moderados e graves.

Qual será o cronograma? Quem será vacinado primeiro?
A previsão da prefeitura é a seguinte:

Profissionais de saúde (3.738 pessoas)
Primeira dose: a partir de 25 de janeiro
Segunda dose: a partir de 15 de fevereiro

Pessoas com 75 anos ou mais (9.209 pessoas)
Primeira dose: a partir de 8 de fevereiro
Segunda dose: a partir de 1º de março

Pessoas com 70 a 74 anos (5.849 pessoas)
Primeira dose: a partir de 15 de fevereiro
Segunda dose: a partir de 8 de março

Pessoas com 65 a 69 anos (7.100 pessoas)
Primeira dose: a partir de 22 de fevereiro
Segunda dose: a partir de 15 de março

Pessoas com 60 a 64 anos (9.842 pessoas)
Primeira dose: a partir de 1º de março
Segunda dose: a partir de 22 de março

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Como será a vacinação para os profissionais de saúde?
Segundo o plano da prefeitura, todos os profissionais de saúde serão vacinados no local onde trabalham, o que inclui funcionários do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi; dos hospitais particulares Unimed, São Francisco, Samaritano e São Lucas; do Hospital Seara; do Pronto-Atendimento Antônio Zanaga; das 17 UBSs e ESFs; do Centro de Especialidade Odontológica; da Unidade de Atendimento Domiciliar e do Núcleo de Especialidades.

Primeiramente, serão vacinados os profissionais da linha de frente no atendimento aos casos suspeitos e confirmados de Covid-19.

Segundo a prefeitura, funcionários de clínicas particulares, consultórios e outros estabelecimentos não serão vacinados nesta primeira etapa, conforme previsto no plano do governo do Estado.

Como será a vacinação dos idosos?
Ela ocorrerá em sete pontos de regiões diferentes da cidade, sempre no horário das 8h às 19h, de segunda a sexta-feira:

  • UBS Parque Gramado
  • UBS Cillos (no bairro São José)
  • UBS Cillos – drive-thru
  • UBS São Vito
  • UBS Vila Gallo
  • ESF Jardim Brasil
  • ESF Praia Azul

Aos sábados, haverá uma vacinação ampliada no formato drive-thru em quatro pontos, mas com horário reduzido: das 8h às 17h. Os idosos poderão se vacinar nas seguintes unidades:

  • UBS Parque Gramado
  • UBS Cillos
  • UBS São Domingos
  • Núcleo de Especialidades

Como será a vacinação de idosos acamados ou em asilos?
Será feita por equipes volantes. No caso dos idosos acamados, eles serão vacinados por uma equipe da UAD (Unidade de Atendimento Domiciliar). No caso dos idosos em asilos, eles serão atendidos por equipe da Vigilância Epidemiológica.

E como será o armazenamento vacina?
Segundo o plano da Secretaria de Saúde, as vacinas serão armazenadas em três câmaras refrigeradas, em local próprio de armazenamento, com sistema de gerador disponível, caso haja queda de energia.

O local, que não teve o endereço revelado, terá monitoramento 24h pela Gama (Guarda Municipal de Americana) e pela Polícia Militar.

De acordo com a prefeitura, 70 servidores estarão envolvidos diretamente com a vacinação.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Publicidade