16 de setembro de 2021 Atualizado 11:40

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Frio

Em semana de frio, Fidam será abrigo temporário para moradores de rua

Ação tem início nesta terça-feira e segue até o dia 3 de agosto, visando proteger essas pessoas da frente fria que se aproxima

Por Ana Carolina Leal

26 jul 2021 às 20:47 • Última atualização 26 jul 2021 às 20:51

A Fidam (Feira Industrial de Americana), na Avenida Nossa Senhora de Fátima, será transformada em abrigo temporário a partir da noite desta terça-feira (27), para acolher até 3 de agosto moradores em situação de rua no município. A ação, resultado de uma parceria com a prefeitura, tem como objetivo proteger essas pessoas de uma possível frente fria sem precedentes que fará os termômetros desabarem nos próximos dias.

Presidente do Fundo Social de Solidariedade de Americana, Lionela Ravera Sardelli, disse em entrevista ao LIBERAL que os moradores poderão pernoitar na Fidam. “Lá, eles poderão tomar um banho, ter duas refeições (jantar e café da manhã) e dormir. É um convite, porque o que a gente quer mesmo é realmente tirá-los da rua, principalmente, nesse momento que pode vir uma frente fria e isso poderia causar danos graves nesses moradores”, afirmou.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A iniciativa foi definida nesta segunda-feira em reunião solicitada pelo prefeito Chico Sardelli (PV). Além do Fundo Social de Solidariedade, a ação envolve as Secretarias de Assistência Social e Direitos Humanos e de Meio Ambiente, Defesa Civil, Gama (Guarda Municipal de Americana), Seas (Serviço Especializado de Abordagem Social) e Associação Vinde a Luz, com o apoio do Grupo Rede Rua.

“Estamos preocupados com as previsões e trabalhando para centralizar o atendimento a pessoas em situação de rua. Temos vagas nos abrigos, mas nem sempre as pessoas aceitam ir aos locais disponíveis, então estamos unindo forças e abrindo novas frentes de trabalho. Para que a nova ação tenha sucesso, solicitamos a doação de diversos itens, especialmente cobertores, roupas de frio e produtos de higiene pessoal, além de ração, roupinhas e cobertores para os animais de estimação de quem está em situação de rua”, disse Chico.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Segundo a presidente do Fundo Social de Solidariedade, no decorrer desta terça-feira, assistentes sociais que trabalham com moradores em situação de rua vão percorrer os principais pontos da cidade falando sobre o abrigo temporário, do que encontrarão por lá, na tentativa de convencê-los a pernoitar na Fidam.

“No início da noite, viaturas da guarda juntamente com carros da prefeitura farão a abordagem e o convite. Aqueles que aceitarem, serão levados para a Fidam”, explicou Lionela.

De acordo com a Secretaria de Assistência Social, a estimativa é de que haja uma população itinerante, entre 150 e 200 moradores, vivendo pelas ruas e também em abrigos, no município.

Fundo social pede doações de cobertores em Americana

O Fundo Social de Solidariedade de Americana pede a ajuda da população para arrecadar cobertores, roupas de frio, toalhas de banho, produtos de higiene pessoal e alimentação. As doações serão revertidas aos moradores em situação de rua que pernoitarem na sede da Fidam entre os dias 27 e 3 de agosto.

O Ivan Maia está sempre Virando a Chave e quer te ajudar a fazer o mesmo em seu blog no LIBERAL.

Aqueles que puderem colaborar, devem deixar as doações a partir das 13 horas desta terça-feira, na Fidam. A população pode ajudar doando alimentos perecíveis (pão, ovos, legumes, carnes, entre outros) e não perecíveis (arroz, feijão, macarrão, óleo, açúcar, café, entre outros), além de toalhas de banho, cobertores e materiais de higiene pessoal.  

“A gente vê que muitas pessoas ajudam, principalmente com doação de alimentos. Se todo mundo, nesse momento, conseguir concentrar as doações na Fidam, acho que será melhor aproveitado.  Aquele grãozinho que vai somando e a gente consegue fazer um trabalho muito legal”, afirmou Lionela Ravera Sardelli, presidente do Fundo Social de Solidariedade, que também está recebendo doações. A entidade fica na Rua Antonio Frezzarim, 412, no Jardim São Paulo.

Histórias do Coração merecem ser contadas toda semana.

Pets
Como os moradores em situação de rua muitas vezes são acompanhados pelos seus animais de estimação, a campanha também vai abranger a arrecadação de ração para os pets, que serão acolhidos no abrigo temporário.

Publicidade