22 de outubro de 2021 Atualizado 19:11

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Em nova sede, Caps Infantil pretende ampliar atendimento com inclusão de projetos

Coordenação vai retomar atendimento dos grupos e implantar novos projetos, como oficina de culinária

Por Maria Eduarda Gazzetta

16 set 2021 às 07:50

A nova sede do Caps (Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil) “Larissa de Almeida” foi inaugurada na manhã desta quarta-feira (15), no Jardim São José, ao lado da antiga UPA (Unidade de Pronto Atendimento) São José. Com o novo local, a coordenação do centro pretende ampliar os atendimentos com o retorno dos grupos e implantar novos projetos como a oficina de culinária e as de convivência.

Unidade fica no Jardim São José e até então funcionava na Vila Dainese – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Até então, a unidade estava funcionando na antiga UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Dainese. O novo prédio foi construído com verba do governo federal em um terreno público, por meio de emenda parlamentar do deputado federal, Vanderlei Macris (PSDB), com repasse no valor de R$ 999.600,00 e R$ 364.490,00 de contrapartida da prefeitura.

Com o novo prédio, a coordenação informou ao LIBERAL que deverá implantar a oficina de culinária e grupo de usuário e substâncias psicoativas. Atualmente, 317 crianças e adolescentes vem sendo assistidos na unidade. De acordo com a coordenação, os principais motivos que levaram os menores à unidade foram a autoagressão, depressão, agressividade, dificuldade de aprendizagem, transtorno da ansiedade, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e violência, física, sexual e psicológica.

”Com todos os prefeitos eu fiz parcerias de trabalho porque eu acreditava, e ainda acredito, que estou aqui para defender os interesses da cidade e desta vez não é diferente. Americana é a minha terra e é nela que vou por minha presença como parlamentar”, disse o deputado federal.

Presidente da Câmara de Vereadores, Thiago Martins (PV), o deputado federal Vanderlei Macris (PSDB), o vice-prefeito Odir Dermachi (PL), o secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira e o prefeito, Chico Sardelli (PV) inaugurando o Capsi – Foto:

O prefeito Chico Sardelli (PV) parabenizou a equipe da saúde e pela união dos servidores. “Temos dificuldade todos os dias, mas não falta coragem para avançar. Quero ver a nossa cidade humana e eu parabenizo a todos pelo trabalho a frente da saúde”, finalizou o prefeito.

O local possui uma equipe multidisciplinar, composta por um coordenador, três psicólogos, um médico psiquiatra, um assistente social, um terapeuta ocupacional, um fonoaudiólogo, um fisioterapeuta, um enfermeiro, três técnicos de enfermagem, um agente de saúde, um recepcionista e um profissional de apoio para a limpeza.

Larissa de Almeida
O Caps Infantil foi denominado “Larissa de Almeida” em 2006, adolescente que faleceu vítima de violência em 12 de novembro de 2003, perto de completar 16 anos. Larissa nasceu em Americana, em 1987, filha de Maria Eliana Almeida. Ela foi uma adolescente que sofreu com perturbações psíquicas, tendo lutado pela vida na busca de sentido para a sua existência, assim como para as incidências das mazelas do mundo.

Publicidade