Em Americana, alça de viaduto é prevista para maio

Novo prazo foi informado pela Prefeitura de Americana; primeira estimativa era terminar a obra em julho deste ano


A alça do Viaduto João Baptista de Oliveira Romano será entregue em maio de 2020, segundo a nova previsão da Prefeitura de Americana. Inicialmente, o término da obra era programado para julho de 2019, mas, de acordo com o que o governo municipal informou na época, o atraso aconteceu por causa das “chuvas não previstas”.

A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos também justificou, na ocasião, que houve dificuldades com o tipo de solo encontrado após as sondagens.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Prolongamento para acessar diretamente a Abdo Najar

O valor para a intervenção viária ainda não está definido, de acordo com a assessoria de imprensa da administração municipal.

Atualmente, a prefeitura aguarda a definição para recuperação da rampa de acesso da nova alça. “O projeto inicial era uma estimativa do que seria feito. Haverá um incremento e, com as definições e o projeto completo executado, se chegará a um novo valor, que ainda não está fechado”, informou a assessoria do governo.

A alça é uma aposta para aliviar o tráfego entre as avenidas Bandeirantes e a Abdo Najar. Quando ficar pronta, a via vai facilitar a vida do motorista que dirige pela Bandeirantes e quer chegar à Abdo Najar, segundo a projeção. Ao passar sob o Viaduto Amadeu Elias, o condutor seguirá reto.

A ideia é que a medida também desafogue o transito no sentido contrário, já que o movimento se complica em horários de pico para quem deixa o viaduto sentido região do bairro Colina.

O elevado foi inaugurado há 22 anos, com duas alças inacabadas. A que a prefeitura retomou agora é a alça da direita, sentido Colina/Abdo Najar. A obra teve início em 2018, com o prolongamento da Avenida Bandeirantes a partir do campo do Torino.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora